Marco Valério Messala Barbato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Marco Valério Messala.
Marco Valério Messala Barbato
Cônsul do Império Romano
Consulado 20 d.C.

Marco Valério Messala Barbato (em latim: Marcus Valerius Messala Barbatus) foi um senador romano da gente Valéria eleito cônsul em 20 com Marco Aurélio Cota Máximo Messalino. Era filho de Cláudia Marcela Menor, sobrinha de Augusto, e de Marco Valério Messala Apiano[1][2]. Sua irmã, Cláudia Pulcra, casou-se com o infame Públio Quintílio Varo. Messala é lembrando principalmente por ter sido pai de Messalina, esposa do imperador Cláudio[3], com Domícia Lépida, a Jovem, tia do futuro imperador Nero[4]. O outro filho do casal, Marco Valério Messala Corvino, foi cônsul em 58.

Árvore genealógica[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cônsul do Império Romano
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Precedido por:
Marco Júnio Silano Torquato
com Lúcio Norbano Balbo
com Públio Petrônio (suf.)





Marco Valério Messala Barbato
20

com Marco Aurélio Cota Máximo Messalino






Sucedido por:
Tibério IV
com Druso Júlio César II
com Mamerco Emílio Escauro (suf.)
com Cneu Tremélio (suf.)





Referências

  1. Syme, Augustan Aristocracy, p.147.
  2. Lightman, A to Z of Ancient Greek and Roman Women, p.205
  3. Suetônio, Vida dos Doze Césares, Vida de Cláudio 26,2.
  4. Prosopographia Imperii Romani V 141.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • W. Eck, Prosopographia Imperii Romani, Pars VIII, Fasciculus 2, Berlin, 2015 (PIR² V 141)