Festa nacional francesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Festa Nacional Francesa
Dia da Bastilha
Torre Eiffel nas comemorações do Dia da Bastilha, 2009.
Nome oficial La Fête Nationale
Outro(s) nome(s) Dia da Bastilha
14 de Julho
Tipo secular
Seguido por Cidadãos franceses
Data 14 de julho

A Festa nacional francesa, ou Dia da Bastilha, é um feriado nacional francês celebrado anualmente a 14 de Julho (14 Juillet) em memória ao episódio histórico da Tomada da Bastilha, em 1789, quando teve início o caráter popular da Revolução Francesa. As comemorações desse feriado consistem em grandes celebrações e paradas militares por todo o país, com destaque para o desfile militar da Champs-Élysées de Paris, prestigiado pelo Presidente da República.

História[editar | editar código-fonte]

A atual Festa Nacional é um desenvolvimento da Festa da Federação (Fête de la Fédération), que já ocorreu primeiramente em 1790 em homenagem à determinação do povo francês durante os anos da Revolução. Este evento ocorreu no Campo de Marte, à época, distante do centro de Paris.[1] Aos poucos, celebrar a data tornou-se uma tradição política relacionada ao sentimento nacionalista vivido durante a chamada França moderna, a França do século XIX.

Num discurso do 14 de Julho de 1872, Léon Gambetta defendeu que sendo a Tomada da Bastilha a data mais significativa da Revolução, o povo deveria festejá-la anualmente. Porém, somente a partir de 1880 esta ideia foi levada a cabo. A Assembleia Nacional e o Senado, então, aprovaram o projeto de lei que previa o 14 de julho como Dia Nacional em detrimento do já deteriorado 4 de Agosto (antigo feriado monárquico que celebrava o fim do regime feudal). Em 6 de julho do mesmo ano a lei foi oficializada.

Festividades[editar | editar código-fonte]

Tradicionalmente a Festa nacional francesa é composta pelo desfile militar em Paris, as festas populares e o seu baile popular em cada localidade e o respectivo fogo de artifício.

Atentado de 2016[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Atentado de julho de 2016 em Nice

No dia 14 de Julho de 2016, Um caminhão atropelou diversas pessoas que estavam assistindo à queima de fogos em comemoração ao 14 de Julho, Dia da Bastilha, em Nice, no sul da França, matando dezenas.[2] O ataque aconteceu no Promenade des Anglais (Passeio dos Ingleses), uma avenida à beira-mar, por volta das 22h30 (17h30 em Brasília). O procurador de Nice, Jean-Michel Prêtre, disse que o veículo percorreu 2 km entre a multidão. O Ministério do Interior francês confirmou que o motorista foi morto. A AP, citando como fonte o ex-prefeito de Nice e atual presidente da Metrópole Nice-Cote D'Azur, Christian Estrosi, afirmou que o caminhão estava cheio de armas e granadas.[3]

O governo francês ainda não divulgou a identidade do condutor e culpado pelas mortes, mas o Ministério do Interior confirmou que ele foi morto. Fontes policiais disseram que se trata de um franco-tunisiano de 31 anos morador de Nice, segundo a France Presse. O documento de identidade dele foi encontrado no interior do veículo.

Imagens[editar | editar código-fonte]

Referências