Fio têxtil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Fio têxtil é um comprimento longo e contínuo de fibras entrelaçadas, adequado para uso na produção de tecido, para costura, confecção de crochê, tricô, tecelagem, bordado ou fabricação de cordas.[1]

Linha é o produto de fio, para costura a mão ou a máquina; as linhas de costura modernas podem ser acabadas com cera ou outros lubrificantes para suportar as tensões envolvidas na costura.[2]

Tipos de fios[editar | editar código-fonte]

Aspecto da lã no microscópio
Aspecto do jeans no microscópio

Os fios podem ser divididos em quatro grupos prinicpais:[3] [4]

Fio penteado

Recebe esse nome por causa do processo que penteia seus filamentos, eliminando diversas impurezas deixando-o com aspecto mais brilhante. O fio passa por um equipamento chamado penteadeira, que possui a função de retirar as fibras mais curtas antes de ser tecido o fio.[5]

Fio cardado

O fio cardado tem os fios mais grossos que o penteado, por não ser penteado, possui fibras curtas que gera irregularidades do fio (neps) ee formação de bolinhas no tecido (pilling).

Fio fantasia

É um fio diferenciado para efeito decorativo maior, pode ser botonê, marcado por múltiplas e pequenas bolinhas inseridas ao fio e geralmente de cores colocadas distintas da cor do fio; bouclê, com reduzidas alças e anéis a intervalos regulares mais ou menos curtos; esses efeitos podem figurar pequenas felpas; flamê com trechos não cilíndricos e torção irregular, expondo áreas mais ou menos torcidas que as demais; o mercerizado são retorcidos e obtém aspecto brilhante, sedoso e liso.

Fio tinto

É o fio que já foio tingido antes de ser tecido, isso possibilita criar tecidos com padrões a partir da variedade de fios coloridos.

Referências

  1. «Yarn». Merriam-Webster. Consultado em 25 de maio de 2012. Cópia arquivada em 7 de maio de 2012 
  2. Kadolph, Sara J., ed.: Textiles, 10th edition, Pearson/Prentice-Hall, 2007, ISBN 0-13-118769-4, p. 203
  3. Dinah Bueno Pezzolo (7 de novembro de 2019), Tecidos: história, tramas, tipos e usos, ISBN 978-85-396-2239-9, São Paulo: Editora Senac São Paulo, pp. 198–199 
  4. «Fique por dentro dos principais tipos de fios da indústria têxtil». Febratex Group. 24 de julho de 2019. Consultado em 10 de novembro de 2019 
  5. Maria Helena Daniel (9 de novembro de 2018), Guia prático dos tecidos, ISBN 978-85-428-0974-9, Novo Século, p. 31