Formação reativa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Formação reativa (em alemão: Reaktionsbildung), na teoria psicanalítica, é um mecanismo de defesa no qual emoções e impulsos que produzem ansiedade ou que são percebidos como inaceitáveis são dominados pelo exagero da tendência diretamente oposta.[1]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Rycroft, Charles (1995). «Reaction formation». A Critical Dictionary of Psychoanalysis. Londres: Penguin