Freenet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Freenet
Logotipo oficial
Captura de tela
Página inicial do FProxy (Freenet 0.7)
Desenvolvedor The Freenet Project[1]
Plataforma Java
Lançamento 18 de setembro de 2000 (17 anos)
Versão estável 0.7.5 (Build 1467) (23 de novembro de 2014; há 3 anos)
Idioma(s) inglês, francês, italiano, alemão, holandês, espanhol, português, sueco, norueguês, chinês[2]
Linguagem Java
Sistema operativo Multiplataforma
Gênero(s) anonimato, peer-to-peer, friend-to-friend
Licença GNU General Public License
Estado do desenvolvimento Ativo
Página oficial https://freenetproject.org

Freenet é uma plataforma peer-to-peer de comunicação anticensura. Ele usa um sistema de arquivos distribuído descentralizado para manter e fornecer informações, e tem uma suíte de software livre para publicação e comunicação na Web, sem medo de haver censura.[3][4] Ambas Freenet e algumas de suas ferramentas associadas foram originalmente desenvolvidas por Ian Clarke, que definiu a meta da Freenet como proporcionar a liberdade de expressão na Internet, com forte proteção do anonimato.[5][6]

Uma exposição sobre P2P não estaria completa sem mencionar a Freenet. A prioridade da Freenet é a liberdade de expressão e o anonimato. Para obter isso, a comunicação entre os nós é cifrada, assim como a informação armazenada em cada nó. O usuário contribui com um pedaço do seu HD, mas ele não sabe o que exatamente está armazenado lá.

A rede responde adaptativamente a padrões de uso, replicando dinamicamente a informação para que ela fique mais próxima de onde ela é mais requisitada—o que tem sido chamado de transparent lazy replication. Isso otimiza o uso da banda e tem implicações que vão muito além do simples compartilhamento de arquivos.

A Freenet pretende ser um novo paradigma para a Internet. Quanto à questão do copyright, Ian Clarke é radical:

  • "O problema central do copyright é que o seu cumprimento exige o monitoramento das comunicações, e você não pode ter garantia de liberdade de expressão se alguém está monitorando tudo o que você diz.(...)
  • Você não pode garantir liberdade de expressão e cumprir a lei de copyright. É por essa razão que a Freenet, um sistema projetado para proteger a liberdade de expressão, tem de impedir o cumprimento do copyright."
    • O link original do projeto é freenetproject.org E é uma rede patrocinada e mantida por micro pagamentos voluntários.

Referências

  1. «People» (em inglês). Freenet: The Free Network official website. 22 de setembro de 2008. Consultado em 16 de janeiro de 2015 
  2. Language specific versions of Freenet, GitHub: Freenet.
  3. What is Freenet?, Freenet: The Free network official website.
  4. Taylor, Ian J. From P2P to Web Services and Grids: Peers in a Client/Server World. London: Springer, 2005.
  5. Cohen, Adam (26 de junho de 2000). «The Infoanarchist». TIME Magazine. Consultado em 18 de dezembro de 2011 
  6. Beckett, Andy (26 de novembro de 2009). «The dark side of the internet». The Guardian. Consultado em 26 de novembro de 2009  Archived at WebCite The Guardian writes about Freenet (Ian Clarke's response) Archived at WebCite
Ícone de esboço Este artigo sobre software é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.