Sistema de Arquivos Interplanetário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sistema de Arquivos Interplanetário
(InterPlanetary File System)
Ipfs-logo-1024-ice-text.png
Produção Juan Benet & Protocol Labs [1]
Linguagem Protocolos de implementação:
Go (implementação de referência), JavaScript, C,[2] Python
Bibliotecas clientes:
Go, Java, JavaScript, Python, Scala, Haskell, Swift, Common Lisp, Rust, Ruby, PHP, C#, Erlang
Modelo Protocolo, Clustered file system, Rede de fornecimento de conteúdo
Lançamento fevereiro de 2015 (4 anos) [1]
Mercado-alvo FreeBSD, Linux, macOS, Windows
Licença MIT
Página oficial IPFS.IO
Estado de desenvolvimento
Ativo

Sistema de Arquivos Interplanetário é um protocolo e uma rede projetada para criar um armazenamento associativo peer-to-peer endereçável ao conteúdo de armazenamento e compartilhamento, de hipermídia, num sistema de arquivos distribuído.[3] Semelhante a um torrent, o IPFS (en. InterPlanetary File System) permite que os usuários recebam não apenas conteúdo de host. Ao contrário de um servidor localizado centralmente, o IPFS é construído em torno de um sistema descentralizado de usuários operadores que possuem uma parte dos dados gerais, criando um sistema resiliente de armazenamento e compartilhamento de arquivos.

O IPFS é um sistema de arquivos distribuído peer-to-peer que procura conectar todos os dispositivos de computação com o mesmo sistema de arquivos. O IPFS pode ser visto como um único enxame de BitTorrent, trocando objetos dentro de um repositório Git. Em outras palavras, o IPFS fornece um modelo de bloco de armazenamento de alto rendimento, com links endereçados ao conteúdo.[4]

O sistema de arquivos pode ser acessado de várias maneiras, inclusive via FUSE (Filesystem in Userspace) [5] e em HTTP.[4]

O Sistema de Arquivos Interplanetário foi lançado em uma versão alfa em Fevereiro de 2015 e, em Outubro do mesmo ano, foi descrito como "espalhando-se rapidamente de boca em boca".[1]

Em 2019, o projeto tem sido criticado por "ainda não ser utilizável por sites", apesar de atrair grandes investimentos e criar uma "constelação de projetos excessivamente sobrecarregada, sub documentada e inacabada".[6]

Usuários notáveis[editar | editar código-fonte]

O logotipo da Wikipédia tem um hash IPFS com o seguinte código: QmRW3V9znzFW9M5FYbitSEvd5dQrPWGvPvgQD6LM22Tv8D. Ele pode ser acessado com esse hash sobre HTTP por um gateway público ou uma instância local do IPFS.
  • O IPFS foi usado para criar um espelho (mirror) da Wikipédia, que permite que pessoas, residentes em jurisdições onde esta é bloqueada, possam acessar seu conteúdo.[9] Essa versão arquivada da Wikipédia é uma cópia imutável limitada que não pode ser atualizada.
  • Em Setembro de 2018, a Cloudflare lançou um gateway IPFS,[11] bem como uma versão dos seus serviços com suporte do IPFS.[12] O gateway permite acesso de leitura em HTTPS à maioria dos tipos de arquivos localizados no Sistema de Arquivos Interplanetário (mas, por exemplo, não em arquivos de vídeo em streaming).

Referências

  1. a b c Case, Amber (2015). «Why The Internet Needs IPFS Before It's Too Late». TechCrunch (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2019 
  2. Agorise (25 de outubro de 2017). «c-ipfs: IPFS implementation in C. Why C? Think Bitshares' Stealth backups, OpenWrt routers (decentralize the internet/meshnet!), Android TV, decentralized Media, decentralized websites, decent.». GitHub (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2019 
  3. Finley, Klint (20 de junho de 2016). «The Inventors of the Internet Are Trying to Build a Truly Permanent Web». Wired (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2019 
  4. a b Allison, Ian (13 de outubro de 2016). «Juan Benet of IPFS talks about Filecoin». International Business Times (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2019 
  5. Kumar Verma, Atul; Garg, Arpit (10 outubro de 2017). «InterPlanetary File System: An analysis on Future File System». International Journal of Novel Research and Development (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2019 
  6. MacWright, Tom (8 de junho de 2019). «IPFS, Again». Macwright.org (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2019 
  7. Poblet Balcell, Marta (6 de outubro de 2017). «Inside Catalonia's cypherpunk referendum». Eureka Street (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2019 
  8. Hill, Paul (30 de setembro de 2017). «Catalan referendum app removed from Google Play Store». Neowin (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2019 
  9. Dale, Brady (5 de outubro de 2017). «Turkey Can't Block This Copy of Wikipedia». Observer (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2019 
  10. Johnson, Steven (16 de janeiro de 2018). «Beyond the Bitcoin Bubble». The New York Times (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2019 
  11. Parker, Andy (17 de setembro de 2018). «Cloudflare goes InterPlanetary - Introducing Cloudflare's IPFS Gateway». Cloudflare (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2019 
  12. McMillion, Brendan (17 de setembro de 2018). «End-to-End Integrity with IPFS». Cloudflare (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]