Mocidade Independente de Icaraí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mocidade Independente de Icaraí
2013-11-12 - Mocidade Independente de Icaraí.JPG
Cores

Azul

Branco
Bairro Icaraí

Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Independente de Icaraí é uma escola de samba de Niterói, sendo sediada no bairro de Icaraí.

História[editar | editar código-fonte]

A agremiação já existia na década de 1990, conquistando seu primeiro título em 1991.[1] [2]

Após o fim da paralisação do Carnaval de Niterói, voltou a desfilar como um bloco carnavalesco oficial em 2006. Foi a campeã, empatada com a tradicional Novo México, do Carnaval em 2007, o primeiro ano dos desfiles oficiais, após os dez anos de paralisação.

Em 2008, a Mocidade veio com o enredo "Sonhado e cantando, sambando e cantado"[3], com o qual sagrou-se novamente campeã, desta vez sozinha.

Em 2011[4] e 2012, a escola obteve apenas a sexta colocação.

Em 2013, a escola homenageou o carnavalesco Max Lopes, e tendo como sua rainha de bateria: Juliane Almeida.[5][6] Em 2014 a escola apostou no enredo "Um grito Africano", mas obteve o 10° lugar, sendo rebaixada para o Grupo de Acesso.

Em 2015 com o enredo " Meu Carnaval começou aqui... Niterói é meu berço e minha raiz... Conta e canta Mocidade o carnaval dos carnavais da minha cidade" do carnavalesco Flavio Nunes , obteve a 5ª colocação no Grupo de Acesso.

Em 2016 a Escola fez seu um desfile homenageando a Mãe Africa, porém com alguns erros na comissão de frente e harmonia, levando a escola a 8ª colocação.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Mauro Ferreira ? - Março de 2015
Geraldo Santana Março de 2015 - atualidade [7]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor geral de harmonia Mestre de bateria Ref.
2014 Maxwell Ribeiro
2015 Rodrigo Figueiredo "Gol" Chiquinho [7]
2016 Comissão Diretoria Chiquinho


Corte de bateria[editar | editar código-fonte]

Ano Rainha Madrinha Ref.
2013 Juliane Almeida [5][6]
2015 Danúbia Gisela [7]
2016 Thati Sorriso

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Mocidade Independente de Icaraí
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Intérprete Ref
2008 Campeã ÚNICO Sonhado e cantando, sambando e cantado Ronaldo Silva
2009 Campeã ÚNICO No Cavalão e nos braços de Morfeu, 1,2,3... Vou sonhando, vou contando, histórias de era uma vez... Ronaldo Silva
2010 Campeã ÚNICO Nicteroy, Mocidade conta sua odisséia no tempo

Compositores: Robson Ramos, Ronaldo e Eduardo. Intérpretes: Nem Mocidade e Gol Mocidade

Ronaldo Silva [8]
2011 6º lugar Especial Ivy Marayê - Um Carnaval no reino encantado das lendas Ronaldo Silva
2012 6º lugar Especial Chegou a vez e a Mocidade vai cantar: Mulher Brasileira em Primeiro Lugar! Ronaldo Silva
2013 6° lugar Especial Yes, nós temos Max Lopes, o Mago Iluminado Do Carnaval Ronaldo Silva
2014 10° lugar Especial Um grito Africano Ronaldo Silva
2015 5º lugar Acesso Meu Carnaval Começou Aqui...Niterói é meu Berço e Minha raiz...Conta e Canta Mocidade o Carnaval dos Carnavais da Minha Cidade. Flavio Nunes Nem Mocidade
2017 Campeã A Segura Mocidade... Segura Moçada! É o João Gabriel que tá chegando na parada! Flavio Nunes Nem Mocidade
2018 Especial Flavio Nunes Nem Mocidade


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons

Referências

  1. Niterói já está preparada para cair na folia. Jornal do Brasil, edição 295 de 30/01/1994.
  2. Revista Desfile. Editores Beatriz e Sérgio Chacon. Acervo Na Cadência da Bateria.
  3. http://www.ofluminense.com.br/noticias/141876.asp?pStrLink=2,363,0,141876&IndSeguro=0
  4. Elaine Chistofori, para O Fluminense (10 de março de 2011). «Sabiá quebra jejum e vence o Grupo Especial de Niterói». Consultado em 14 de março de 2011 
  5. a b Extra (4 de fevereiro de 2013). «Juliane Almeida é coroada rainha de bateria em Niterói: 'Vesti a camisa'». Consultado em 28 de setembro de 2013 
  6. a b Extra (31 de janeiro de 2013). «Juliane Almeida volta a ser rainha de escola niteroiense: 'Temos que valorizar a cultura da nossa região». Consultado em 28 de setembro de 2013 
  7. a b c http://www.webcitation.org/6YdDXGVCH
  8. O São Gonçalo (14 de fevereiro de 2010). «O 'couro vai comer' em Niterói». Consultado em 7 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 7 de setembro de 2014 
Ícone de esboço Este artigo sobre carnaval, integrado ao Projeto Carnaval é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.