GSAT-5P

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
GSAT-5P
Localização orbital 55° E (planejado)
Lançamento 25 de dezembro de 2010 (9 anos)
Veículo GSLV Mk.I F06[1]
Operador ÍndiaISRO
Vida útil 14 anos
Fabricante ISRO[1]
Cobertura Subcontinente indiano
Órbita geoestacionária
Peso 2.310 kg

O GSAT-5P (também conhecido por GSAT-5 Prime) foi um satélite de comunicação geoestacionário indiano da série GSAT que estava planejado para ser colocado na posição orbital de 55 graus longitude leste, ele foi construído e também era pra ter sido operado pela Organização Indiana de Pesquisa Espacial (ISRO). O satélite foi baseado na plataforma I-2K (I-2000) Bus e sua expectativa de vida útil era de 14 anos.[2][3]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O satélite foi lançado ao espaço no dia em 25 de dezembro de 2010, às 10:34 UTC, por meio de um veículo GSLV Mk.I F06[1][4] a partir do Centro Espacial de Satish Dhawan. Ele tinha uma massa de lançamento de 2.310 kg.[2][3]

O lançamento estava inicialmente previsto para o dia 20 de dezembro de 2010, mas foi adiado para permitir que uma válvula de escape para o estágio superior fosse reparada.[5] Após o reparo do vazamento, o lançamento foi remarcado para 25 de dezembro de 2010.[6] A contagem regressiva começou às 06:34 UTC em 24 de dezembro de 2010.[7] e o lançamento ocorreu às 10:34 UTC em 25 de dezembro.[8]

Fracasso da missão[editar | editar código-fonte]

Quarenta e cinco segundos após lançar os quatro reforços associada ao primeiro estágio pararam de responder aos comandos, resultando numa perda de controlo. Sessenta e três segundos de voo, o Diretor de Segurança ativou um mecanismo de autodestruição , a bordo do foguete, fazendo-o explodir.[9][10] Restos do lançamento caíram na Baía de Bengala.[11] Foi o segundo fracasso consecutivo de lançamento envolvendo um Geosynchronous Satellite Launch Vehicle, após a perda do satélite GSAT-4 em abril de 2010.[12]

Capacidade e cobertura[editar | editar código-fonte]

O GSAT-5P é equipado com 24 transponders em banda C e mais 12 transponders de banda C estendidos para dar continuidade aos clientes do canal de serviços nos setores de telecomunicações e televisão substituindo o antigo satélite INSAT-2E.[2][3][13]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Krebs, Gunter. «GSAT 5P». Gunter's Space Page 
  2. a b c «GSat 5P» (em inglês). Gunter's Space Page. Consultado em 18 de setembro de 2014 
  3. a b c «GSAT 5P» (em inglês). SatBeams - Satellite Details. Consultado em 18 de setembro de 2014 
  4. Clark, Stephen (25 de dezembro de 2010). «Indian rocket fails moments after liftoff». Spaceflight Now 
  5. «Launch of GSLV-F06 / GSAT-5P Mission Postponed» (PDF). Indian Space Research Organisation. 19 de dezembro de 2010. Consultado em 10 de agosto de 2013. Arquivado do original (PDF) em 30 de maio de 2013 
  6. «Launch of GSLV-F06 / GSAT-5P scheduled for Dec 25, 2010» (PDF). Indian Space Research Organisation. 23 de dezembro de 2010. Consultado em 10 de agosto de 2013. Arquivado do original (PDF) em 30 de maio de 2013 
  7. «Countdown commences for the Launch of GSLV-F06 / GSAT-5P» (PDF). Indian Space Research Organisation. 24 de dezembro de 2010. Consultado em 10 de agosto de 2013. Arquivado do original (PDF) em 30 de maio de 2013 
  8. Boucher, Marc (25 de dezembro de 2010). «India's Launch of GSAT-5P Telecommunications Satellite Fails». SpaceRef 
  9. «Rocket failed after 45 seconds, says ISRO». Hindustan Times. 25 de dezembro de 2010 
  10. «GSAT-5P launch fails, satellite vehicle explodes mid-air». Times of India. 25 de dezembro de 2010 
  11. Ram, Arun (25 de dezembro de 2010). «Christmas turns sour for ISRO, GSLV mission fails». Times of India 
  12. Bergin, Chris (25 de dezembro de 2010). «FAILURE: Indian GSLV fails during launch with GSAT-5P satellite». NASASpaceflight.com 
  13. «Countdown starts for GSAT-5P launch». IndiaVision. 24 de dezembro de 2010