Gentry Lee

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade.
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Gentry Lee

Bert Gentry Lee (nascido em 1942) é o engenheiro-chefe da divisão "Planetary Flight Systems Directorate" do centro tecnológico estadunidense Jet Propulsion Laboratory (JPL) em Pasadena, Califórnia e autor de ficção científica. Ele foi o responsável pela supervisão da engenharia das duas missões Mars rover que aterraram em janeiro de 2004, a Mars Reconnaissance Orbiter (MRO) em 2006, e as missões Deep Impact e Stardust. Ele também foi o engenheiro-chefe do projeto do GALILEO de 1977-1988 e diretor de análise da ciência e planejamento de missão durante os projetos Viking.[1][2]

Como autor ele é mais conhecido por co-autoria em obras do escritor britânico Arthur C. Clarke, como em Cradle (1989), O Enigma de Rama (1989), O Jardim de Rama (1991) e A Revelação de Rama (1993) e também pela parceria com o astrônomo Carl Sagan na série de tv Cosmos.

Encontro com Rama foi escrito em 1972 e Clarke não tinha a intenção de escrever uma sequência. Lee tentou transformar a série Rama em uma história mais centrada em personagens seguindo as aventuras de Nicole des Jardins Wakefield, que se torna o personagem principal de O Enigma de Rama, O Jardim de Rama e a Revelação de Rama. Quando questionado, Arthur C. Clarke disse que Gentry Lee realizou a escrita enquanto ele era uma fonte de ideias.[3]

Lee escreveu mais três romances de ficção científica depois de A Revelação de Rama. Dois ambientados no universo Rama (Bright MessengersDouble Full Moon Night), e um terceiro com várias referências (Tranquility Wars).

Em 2009, Gentry narrou e apareceu em 2 horas do Discovery Channel especial "Are We Alone", que examinou a possibilidade de vida em outros mundos do sistema solar.[4]