Geração

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Geração (desambiguação).
Foto de 1920 mostrando representantes de várias gerações da família chilena Alessandri.

Geração (do termo latino generatione),[1][2][3][4] também conhecida como procriação em ciências biológicas, é o ato de se produzir descendentes.

Em um sentido mais geral, também pode se referir ao ato de se criar algo inanimado, como ideias, som, eletricidade ou um código criptográfico. Também pode se referir a conjuntos de descendentes, como a Geração X, ou aos estágios sucessivos de melhoria no desenvolvimento de uma tecnologia (como a do motor de combustão interna ou os sucessivos lançamentos de produtos com obsolescência planejada, como consoles de videogame e telefones celulares).

Classificação por gerações[editar | editar código-fonte]

Desde o século XX, a forma de classificar gerações de épocas específicas e nomeá-las, tem sido um hábito cada vez mais comum. Diferentemente de separar por idade, sexo ou renda, a classificação por gerações se apresenta mais correta para definir alguém, mesmo com o passar dos anos, pois ela permanece com suas denominações, independente de mudanças pessoais, de faixa etária ou econômicas. Porém, tais classificações não são bem aceitas em todas as áreas do conhecimento, embora amplamente utilizadas.

Os Baby boomers, nascidos dos anos 1940 e 1950 até o início dos anos 1960, são os netos e filhos da Geração Grandiosa e Geração Silenciosa, e bisnetos e netos da Geração Perdida. Já a Geração X são as pessoas nascidas nas décadas de 1960 e 1970. A Geração Y, são pessoas nascidas entre 1977/78 e a metade dos anos 1990, enquanto a Geração Z são os indivíduos nascidos por volta de meados dos anos 1990 e Década de 2000 em diante.

Algumas denominações têm usado as letras do alfabeto. Assim, a Geração X se refere aos filhos dos últimos membros da Geração Silenciosa e dos primeiros Baby boomers e a Geração Y se refere aos filhos dos últimos membros dos Baby boomers e dos primeiros membros da Geração X. No entanto, uma nova denominação está sendo utilizada para uma geração de indivíduos preocupados, cada vez mais, com a conectabilidade com os demais indivíduos de forma permanente, a Geração Z.

Gerações recentes do mundo ocidental[editar | editar código-fonte]

Para os propósitos desta lista, "mundo ocidental" pode ser tomado para incluir as Américas, Europa e Oceania. No entanto, deve também notar-se que muitas variações podem existir dentro das regiões, tanto geográfica como culturalmente, o que significa que a lista é amplamente indicativa, mas necessariamente muito geral. Para detalhes, veja os artigos individuais.

  • A Geração Perdida, igualmente conhecida como a geração de 1914 na Europa, é um termo atribuído tradicionalmente a Gertrude Stein para descrever aqueles que lutaram na Primeira Guerra Mundial e depois viveram durante os Roaring Twenties. Os membros da geração perdida nasceram por volta de 1883 e 1900.
  • Geração Silenciosa, igualmente conhecida como os Poucos afortunados, nasceu aproximadamente por volta de 1925 a 1945. Inclui alguns indivíduos que lutaram na Segunda Guerra Mundial, e a maioria daqueles que lutaram na Guerra da Coréia.
  • Baby Boomers são a geração que nasceu após a Segunda Guerra Mundial, geralmente por volta de 1946 a 1964, uma época que foi marcada por um aumento nas taxas de natalidade. O termo "baby boomer" é usado às vezes em um contexto cultural. Por conseguinte, é impossível alcançar um amplo consenso sobre uma data definida de início e de fim.
  • Geração X, é a geração seguinte aos Baby Boomers. Os demógrafos e os pesquisadores costumam usar os anos de nascimento desde o início até meados dos anos 1960 até o início dos anos 80.
  • Geração Y, são a geração demográfica após a Geração X. Os demógrafos e pesquisadores usam tipicamente o início dos anos 1980 até início dos anos 2000, como anos de nascimento.
  • Geração Z, é a geração de pessoas nascidas após a Geração Y. Os demógrafos e pesquisadores costumam usar o nascimento desde meados da década de 1990 até o início dos anos 2000, embora ainda haja pouco consenso quanto ao término dos anos de nascimento.

Diagrama de gerações mundiais recentes[editar | editar código-fonte]

Nota: Uma vez que não há consenso sobre os anos limítrofes de cada geração, a tabela apresenta uma média simples
das datas mais comuns, exibindo na legenda concepções mais abrangentes e mais restritas de cada caso.


Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 847.
  2. Academia Brasileira de Ciências, Sociedade de Biologia do Brasil
  3. http://www.aureliopositivo.com.br |Página oficial do Dicionário Aurélio |no site da Editora Positivo.
  4. Dicionário de psicologia - Peter Stratton

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete Geração.
  • Conteúdo relacionado com Generations no Wikimedia Commons