Gloria Jean

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gloria Jean
Nome completo Gloria Jean Schoonover
Nascimento 14 de abril de 1926
Buffalo
Nacionalidade  Estados Unidos
Morte 31 de agosto de 2018 (92 anos)
Ocupação Atriz
Atividade 1939—61
Cônjuge Franco Cellini (1962—66)
Outros prêmios
1992 — Young Artist Award
—Lifetime Achievement Award
IMDb: (inglês)

Gloria Jean (14 de abril de 1926 - 31 de agosto de 2018) foi uma atriz e cantora norte-americana.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

(1926—1938): Infância e inicio da carreira[editar | editar código-fonte]

Gloria Jean Schoonover nasceu em Buffalo, no estado de Nova Iorque, sua família mudou-se para Scranton, Pensilvânia, onde começou sua carreira no rádio com a banda de Paul Whiteman. Leah Russel, levou-a para uma audição realizada pela Universal Pictures ao produtor de cinema Joe Pasternak em 1938, Pasternak buscava uma cantora jovem para estrelar filmes musicais, contra centenas de outras, Gloria Jean ganhou a audição.[2]

(1939—1944): Estrelato na Universal Pictures[editar | editar código-fonte]

Sob contrato com a Universal Studios, ganhou o papel principal no filme The Under-Pup (1939), se tornando popular com os espectadores. Com Bing Crosby co-estreou o filme If I Had My Way (1940) e em 1940 A Little Bit of Heaven. Seu filme mais conhecido é Never Give a Sucker an Even Break de 1941, com o humorista W. C. Fields.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Gloria Jean tornou-se uma das artistas mais prolíficas do Universal, chegando a fazer 14 longas-metragens. A maioria eram musicais hepcat, direcionado ao publico adolescente, o estúdio usou esses filmes para introduzir novos talentos, como Donald O'Connor, Peggy Ryan, Mel Tormé, e Marshall Thompson. Gloria fez uma transição bem sucedida para papéis adultos, em 1944, ao lado de Alan Curtis, estrelou o filme Destiny, e co-estrelou com Olsen & Johnson o longa-metragem Ghost Catchers (1944).

Quando seu contrato com a Universal expirou no final de 1944, ela foi persuadida por seu agente a não renová-lo.

(1947—1961): Carreira como freelance[editar | editar código-fonte]

Quando seu contrato com a Universal expirou no final de 1944, ela foi persuadida por seu agente a não renová-lo e então saiu em turnê com shows pelos Estados Unidos e Europa, porém a turnê europeia terminou abruptamente e Gloria Jean voltou para Hollywood, onde retomou sua carreira no cinema como intérprete freelance aparecendo em filmes da United Artists, Columbia Pictures, e Allied Artists Productions.

Em 1947, apareceu em um papel coadjuvante no filme Copacabana, estrelado por Carmen Miranda e Groucho Marx. O filme Wonder Valley de 1953, foi seu primeiro em cores, o seguinte foi Air Strike (1955), um drama militar. A Jerry Lewis Productions assinou com ela para um papel em The Ladies Man (1961), Lewis foi quem dirigiu o filme e removeu quase todas as cenas de Gloria; ela aparece apenas como um extra e não tem falas com outros personagens. Esse foi último filme de sua carreira.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em 1962, Gloria Jean desistiu da carreira de atriz e se casou com Franco Cellini, porém o casamento não foi bem sucedido, Franco vivia longe da família, e Gloria optou pelo divorcio em 1966. Eles tiveram um filho chamado Angelo Cellini.[3]

Gloria Jean morreu em 31 de agosto de 2018 aos 92 anos, de insuficiência cardíaca e pneumonia em Mountain View, no Havaí.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Nota(s)
1939 The Under-Pup Pip-Emma Binns Seu primeiro filme na Universal Pictures
1940 If I Had My Way Patricia Johnson
A Little Bit of Heaven Midge Loring
1941 Never Give a Sucker an Even Break W. C. Fields's niece, Gloria Jean
Jingle Belles song specialties Curta-metragem reeditado como Winter Serenade)
1942 What's Cookin'? Sue Courtney
Get Hep to Love Doris Stanley
When Johnny Comes Marching Home Marilyn Benton
1943 It Comes Up Love Victoria Peabody
Mister Big Patricia Davis
Moonlight in Vermont Gwen Harding
1944 Ghost Catchers Melinda Marshall
Pardon My Rhythm Jinx Page
Reckless Age Linda Wadsworth
Destiny[desambiguação necessária] Jane Broderick Inclui a seqüência excluída de Flesh and Fantasy
1945 I'll Remember April April Garfield
Easy to Look At Judy Dawson Seu último filme na Universal Pictures
River Gang Wendy
1947 Copacabana Anne Stuart United Artists
1948 I Surrender Dear Patty Nelson, aka Patty Hart Columbia Pictures
Manhattan Angel Gloria Cole Columbia Pictures
An Old Fashioned Girl Polly Milton
1949 There's a Girl in My Heart Ruth Kroner Allied Artists
1953 Wonder Valley Filme independente
1955 Air Strike Marge Huggins
1959 Laffing Time (reeditado como The Madcaps) Sally Suffer Filme independente
1961 The Ladies Man Girl in boarding house Paramount Pictures

Legado[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 1991, Gloria Jean foi homenageado pela Young Artist Association com o prêmio Young Artist Former Child Star Lifetime Achievement Award pelo reconhecimento a suas realizações dentro da indústria cinematográfica como atriz juvenil.[4]

Referências

  1. Morre aos 92 anos Gloria Jean, que atuou com Carmen Miranda em "Copacabana"
  2. Scott MacGillivray and Jan MacGillivray, Gloria Jean: A Little Bit of Heaven, iUniverse, Bloomington, IN, 2005
  3. No Regrets : Gloria Jean Savors Days of Child Stardom
  4. "13th Annual Youth in Film Awards". YoungArtistAwards.org. Página visitada em 10 de outubro de 2014

Ligações externas[editar | editar código-fonte]