Gokayama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Aldeias Históricas de Shirakawa-go e Gokayama *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Gokayama Japanese Old Village 001.jpg
Casa Antiga em Gokayama
País Japão
Critérios (iv)(v)
Referência 734
Coordenadas Toyama, Japão
Histórico de inscrição
Inscrição 1995  (19ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.
Casas Gasshō-zukuri em Gokayama

Gokayama (五箇山) é uma área dentro da cidade de Nanto, na província de Toyama, Japão. Ela foi inscrita na Lista de Patrimônio Mundial da UNESCO, devido às suas tradicionais casas Gasshō-zukuri, juntamente com a vizinha Shirakawa-gō, na província de Gifu.[1] A sobrevivência deste estilo arquitetônico tradicional é atribuída à localização isolada nas margens superiores do rio Shogawa. Esta é também a razão pela qual o estilo de vida e a cultura de Gokayama permaneceram tradicionais por muitos anos depois que a maior parte do país tinha se modernizado. Muitas das casas ultrapassam os 300 anos de idade.

A região de Gokayama inclui as antigas aldeias de Taira, Kamitaira e Toga.[2] A aldeola gasshō de Ainokura está localizada em Taira, enquanto a de Suganuma está em Kamikaira;[2]ambas são consideradas monumentos nacionais.[3][4]

Ainokura[editar | editar código-fonte]

Ainokura, na região de Gokayama, foi inscrita como Patrimônio Mundial em dezembro de 1995, como uma das três aldeias com casas no estilo gassho.

Ainokura possui vinte casas no estilo gassho. A maioria delas tem entre 100 e 200 anos, e diz-se que a mais velha delas foi construída há cerca de 400 anos. O telhado gassho tem uma inclinação de 60 graus, formando um triângulo quase equilátero. Este nível de inclinação permite que a neve escorregue pelo telhado com facilidade. O enorme telhado é suportado por sólidas vigas de carvalho chamadas “chonabari”, que são curvas na base. As coberturas dos telhados são recompostas a cada 15 a 20 anos. Atualmente, isto é feito pela Cooperativa de Proprietários da Floresta Gokayama. Mais detalhes sobre as casas.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Historic Villages of Shirakawa-go and Gokayama». UNESCO. Consultado em 25 de Junho de 2012. 
  2. a b «Tateyama-Kurobe Alpine Route and Gokayama» (PDF). Japan National Tourism Organization. Consultado em 25 de Junho de 2012. 
  3. «越中五箇山相倉集落» [Etchū Gokayama Ainokura Hamlet] (em Japanese). Agency for Cultural Affairs. Consultado em 25 de Junho de 2012. 
  4. «越中五箇山菅沼集落» [Etchū Gokayama Suganuma Hamlet] (em Japanese). Agency for Cultural Affairs. Consultado em 25 de Junho de 2012.