Locais Sagrados e Rotas de Peregrinação nos Montes Kii

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde maio de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Pix.gif Locais Sagrados e Rotas de Peregrinação nos Montes Kii *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Kongobuji Temple, Koyasan, Japan - front facade.JPG
Templo de Kongobuji
País Japão
Critérios (ii)(iii)(iv)(vi)
Referência 1142 en fr es
Coordenadas Mie/Nara/Wakayama, Japão
Histórico de inscrição
Inscrição 2004  (28.ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

Os Locais Sagrados e Rotas de Peregrinação nos Montes Kii são um conjunto de locais sagrados - Yoshino e Omine, Kumano Sanzan, Koyasan - ligados pelas rotas de peregrinos às antigas capitais de Nara e Quioto.

Estes locais reflectem a difusão do xintoísmo, enraizado na antiga tradição da veneração da natureza no Japão, e do budismo, que foi introduzido na China e na Península Coreana. Os sítios (495.3 ha) e a paisagem florestal que os rodeia reflectem a persistente e extraordinariamente bem-documentada tradição das montanhas sagradas durante mais de 1.200 anos. A área, com as suas abundantes correntes, rios e cascatas, ainda é parte da viva cultura do Japão e é muito visitada para propósitos religiosos e para caminhadas, com mais de 15 milhões de habitantes por ano. Cada um dos sítios contem santuários, alguns dos quais foram fundados no século IX.

Foi declarado Património Mundial em 2004.