Gonçalo Monteiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Gonçalo Monteiro foi um padre português. Chegou ao Brasil em 1532, junto com a esquadra de Martim Afonso de Sousa.[1]

Foi pároco da primeira paróquia da capitania de São Vicente,[2] a primeira vila do Brasil, tendo também sido capitão-mor da capitania. Os historiadores divergem quanto à época em que Gonçalo Monteiro teria assumido o cargo: alguns argumentam Gonçalo Monteiro foi escolhido logo após a fundação de São Vicente, enquanto outros afirmam que ele teria sido capitão-mor somente após o retorno de Pero de Góis, neste caso primeiro capitão-mor de São Vicente, a Portugal em missão, no final de 1536.[3] Gonçalo Monteiro governou até 1539.[4]

Referências

  1. Breve história de Itanhaém Portal Nosso São Paulo, acessado em 9 de fevereiro de 2010
  2. Análise Histórica - História da Cidade de São Vicente[ligação inativa] Resultados da pesquisaParóquia São Vicente Mártir, acessado em 9 de fevereiro de 2010
  3. Relação de governantes/donatários - 1533 a 1821 Arquivado em 28 de março de 2010, no Wayback Machine. Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, acessado em 9 de fevereiro de 2010
  4. PORCHAT, Edith. Informações históricas sôbre São Paulo no século de sua fundação. Editora Iluminuras, 1993. ISBN 8585219750
Ícone de esboço Este artigo sobre História do Brasil é um esboço relacionado ao Projeto História do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.