Graciele Herrmann

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Gracielle Hermann)
Ir para: navegação, pesquisa
Graciele Herrmann
Bronze para Graciele Herrmann nos 100 metros livre da natação em Gimcheon pelos 6º Jogos Mundiais Militares. (Foto: Sgt Johnson Barros)
Swimming pictogram.svg Natação Swimming pictogram.svg
Nome completo Graciele Hermann
Estilo nado livre
Nascimento 1 de janeiro de 1992 (25 anos)
Pelotas,  Rio Grande do Sul
Nacionalidade  brasileira
Medalhas
Jogos Pan-Americanos
Prata Guadalajara 2011 50 metros livre
Prata Guadalajara 2011 4x100 metros livre
Bronze Toronto 2015 4x100 metros livre
Jogos Sul-Americanos
Ouro Santiago 2014 50 metros livre
Ouro Santiago 2014 4x100 metros livre
Prata Santiago 2014 100 metros livre

Graciele Herrmann (Pelotas, 1 de janeiro de 1992) é uma nadadora brasileira.[1]

Atualmente, faz graduação em fisioterapia.[2]

Trajetória esportiva[editar | editar código-fonte]

Começou a nadar aos 12 anos; caçula de uma família de muitos primos, pedia que a ensinassem a nadar mas, diante do insucesso do pedido, a mãe a matriculou na escola de natação.[2] Começou no Clube Brilhante, em Pelotas e, aos 15 anos, foi para o Grêmio Náutico União, onde começou a participar de competições nacionais e internacionais.[2]

Integrou a delegação nacional que disputou os Jogos Pan-Americanos de 2011 em Guadalajara, no México, e, com apenas 19 anos de idade, surpreendeu ao conquistar a medalha de prata nos 50 metros livre e no revezamento feminino nos 4x100 metros livre.[3][4]

Foi aos Jogos Olímpicos de Verão de 2012 em Londres, e nadou a prova dos 50 metros livres,[5] terminando a oitava bateria das preliminares na sétima colocação, com o tempo de 25s44, ficando em 22ª na classificação geral.

No Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2013 em Barcelona, Graciele quebrou o recorde sul-americano na prova dos 4x100 metros livre, com o tempo de 3m41s05, junto com Larissa Oliveira, Daynara de Paula e Alessandra Marchioro, e o time brasileiro terminou em 11º lugar.[6][7] Ela também terminou em 18º lugar nos 50 metros livres.[8]

Nos Jogos Sul-Americanos de 2014 em Santiago, no Chile, ganhou duas medalhas de ouro, nos 50 metros e 4x100 metros livre, quebrando o recorde da competição em ambas as provas, e uma medalha de prata nos 100 metros livre.[9]

No Troféu Maria Lenk 2014, em São Paulo, Herrmann igualou o recorde sul-\mericano dos 50 metros livre, com o tempo de 24s76, abrindo o revezamento 4x50 metros livre de seu clube.[10]

No Campeonato Pan-Pacífico de Natação de 2014, em Gold Coast, na Austrália, terminou em quinto lugar no revezamento 4x100 metros livre, junto com Etiene Medeiros, Daynara de Paula e Alessandra Marchioro; quinto no revezamento 4x100 metros medley, junto com Etiene Medeiros, Ana Carla Carvalho e Daynara de Paula; quinto lugar nos 50 metros livre; e 11º lugar nos 100 metros livre.[11]

Nos Jogos Pan-Americanos de 2015 em Toronto, no Canadá, Graciele obteve uma medalha de bronze no revezamento 4x100 metros livre, quebrando o recorde sul-americano, com o tempo de 3m37s39, junto com Larissa Oliveira, Etiene Medeiros e Daynara de Paula. Ela também terminou em 6º lugar nos 100m livres[12][13], e 7º lugar nos 50m livres.[14]

No Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2015, ela terminou em 11º nos 4x100m livres, junto com Daynara de Paula, Larissa Oliveira e Etiene Medeiros;[15][16] 21º nos 50 metros livre;[17][18] e 34º nos 100 metros livre.[19][20]

Participou dos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 no Rio de Janeiro; nadou os 50 metro livres no tempo de 25s60, ficando em 40º lugar.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Perfil no Sports Reference
  2. a b c Olimpianos - Atletas Olímpicos Brasileiros: GRACIELE HERRMANN Acessado em 13 de fevereiro de 2017
  3. Graciele é prata nos 50m livres
  4. Resultados da natação no Pan 2011
  5. Graciele no site de Londres 2012
  6. «Chierighini se atrapalha na largada, mas Brasil vai à final dos 4x100m livres». SPORTV. 28 de julho de 2013. Consultado em 9 de dezembro de 2014 
  7. «Resultado dos 4x100m livres no Mundial de Barcelona 2013». OmegaTiming. 28 de julho de 2013. Consultado em 9 de dezembro de 2014 
  8. «Resultado dos 50m livres no Mundial de Barcelona 2013». OmegaTiming. 3 de agosto de 2013. Consultado em 9 de dezembro de 2014 
  9. «Dados de Graciele Herrmann». Santiag 2014 Site Oficial. 2014. Consultado em 9 de dezembro de 2014 
  10. «Maria Lenk tem inicio explosivo com indices e recorde sul americano». Best Swimming. 21 de abril de 2014. Consultado em 9 de dezembro de 2014 
  11. «Fratus é ouro nos 50m livre com recorde do Pan Pacifico». CBDA. 24 de agosto de 2014. Consultado em 7 de dezembro de 2014 
  12. «Primeiro dia de 5 medalhas e 2 ouros para o Brasil, mas a festa foi canadense». Best Swimming. 15 de julho de 2015. Consultado em 27 de julho de 2015 
  13. «Brasil é ouro no 4x100m livre, e Thiago Pereira abre contagem rumo a recorde». Globoesporte. 14 de julho de 2015. Consultado em 27 de julho de 2015 
  14. «Dia histórico para a natação feminina do Brasil no Pan». Best Swimming. 18 de julho de 2015. Consultado em 27 de julho de 2015 
  15. «Resultado dos 4x100m livres no Mundial de Kazan 2015». OmegaTiming. 2 de agosto de 2015. Consultado em 2 de agosto de 2015 
  16. «Manhã de altos e baixos na abertura da natação em Kazan». Best Swimming. 2 de agosto de 2015. Consultado em 2 de agosto de 2015 
  17. «Resultado dos 50m livres no Mundial de Kazan 2015». OmegaTiming. 8 de agosto de 2015. Consultado em 2 de setembro de 2015 
  18. «Etiene passa para semi dos 50 e Brasil na final do revezamento misto». Best Swimming. 8 de agosto de 2015. Consultado em 2 de setembro de 2015 
  19. «Leo de Deus passa a semi e revezamento 4×200 livre ganha vaga olímpica». Best Swimming. 6 de agosto de 2015. Consultado em 2 de setembro de 2015 
  20. «Resultado dos 100m livres no Mundial de Kazan 2015». OmegaTiming. 6 de agosto de 2015. Consultado em 2 de setembro de 2015