Halo (fenómeno óptico)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Halo completo em torno do Sol

Um halo é um anel de luz que rodeia um corpo celeste, mais comumente o Sol ou a Lua.[1]

Os halos se formam a 5-10 quilômetros (3-6 milhas) na troposfera superior, causados por nuvens do tipo Cirrostratus (CS). A forma e a orientação particulares dos cristais são responsáveis para o tipo de halo observado. A luz é refletida e refratada pelos cristais de gelo e pode dividir-se em cores por causa da dispersão, semelhante ao arco-íris.[2][3]

É um fenômeno natural que ocorre quando existem cristais de gelo na atmosfera e a luz do sol os atravessa, e é relativamente comum, até é possível vê-lo ao redor da Lua às vezes.[4][5][6] [7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Lutgens, F.K. & Tarbuck, E.J. 2004. The Atmosphere: an Introduction to Meteorology. Pearson Prentice Hall. New Jersey, 9th Edition.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Halo (fenómeno óptico)
Furacão Catrina Portal da
meteorologia
Ícone de esboço Este artigo sobre Ciência (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.