Henrique Manzo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Novembro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Henrique Manzo (São Bernardo do Campo, 27 de dezembro de 1896São Paulo, 1982) foi um pintor, desenhista, restaurador e cenógrafo brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Forma-se no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo em 1917, e posteriormente é aluno de Alfredo Norfini. Em 1922, participa da fundação da Sociedade Paulista de Belas Artes. Durante vários anos é professor da Escola Paulista de Belas Artes; e atua como pintor e restaurador do Museu Paulista da Universidade de São Paulo (conhecido como Museu do Ipiranga). [1]

Foi retratado em um quadro do pintor Benedito José Tobias (Retrato de Henrique Manzo, óleo sobre madeira, 48 x 55 cm, s/d).

Obra como cenógrafo[editar | editar código-fonte]

Como cenógrafo, trabalhou para Ana Pavlova, Procópio Ferreira, Froes e para a Companhia Elsa Garide, além de realizar muitos gabinetes para o Conservatório Musical de São Paulo. [2]

Foi cenógrafo na célebre montagem de Amor, peça de Oduvaldo Vianna (pai), produzida pela Companhia Dulcina-Durães-Odilon.

Obra como muralista e pintor[editar | editar código-fonte]

Em 1944, auxiliado por seu irmão, fez a decoração da Igreja de São Bento em Marília.

Situação da obra[editar | editar código-fonte]

Na região do Parque Estadual do Pico do Jaraguá está o atelier e casa do pintor, onde estão guardadas mais de 150 obras do artista. Atualmente o espaço encontra-se sem manutenção e há 15 anos fechado, o que leva riscos à preservação das obras, tão importantes para a história do estado de São Paulo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Henrique Manzo na Enciclopédia Itaú Cultural» 
  2. «Henrique Manzo na Enciclopédia Itaú Cultural»