Homem de Pequim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaHomem de Pequim
Ocorrência: 0.5– 0.25 Ma
Busto de um Homem de Pequim em exibição permanente em Zhoukoudian, China

Busto de um Homem de Pequim em exibição permanente em Zhoukoudian, China
Estado de conservação
Pré-histórica
Classificação científica
Domínio: Eukariota
Reino: Animalia
Subreino: Metazoa
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Infrafilo: Gnathostomata
Superclasse: Tetrapoda
Classe: Mammalia
Subclasse: Theria
Infraclasse: Placentalia
Superordem: Euarchontoglires
Ordem: Primates
Subordem: Haplorrhini
Infraordem: Simiiformes
Parvordem: Catarrhini
Superfamília: Hominoidea
Família: Hominidae
Subfamília: Homininae
Género: Homo
Espécie: H. erectus
Subespécie: H. e. pekinensis
Nome trinomial
Homo erectus pekinensis
(Black, 1927)

Homem de Pequim ou de Beijing (denominação científica original: Sinanthropus pekinensis; denominação científica atual: Homo erectus pekinensis) é uma subespécie da espécie extinta Homo erectus. Foi descoberto durante escavações nos anos de 1923 a 1927, num local próximo de Pequim, capital da China. O material arqueológico encontrado foi datado entre 250 000 e 400 000 anos, no Pleistoceno. Mas segundo estudos recentes, descobriu-se que ele poderia ter vivido há 800 000 anos.[1]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Homem de Pequim

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Primatas, integrado ao WikiProjeto Primatas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.