Hotan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Mesquita em Hotan.

A cidade oásis de Hotan (Uigure: خوتەن, Hotǝn; chinês: 和田, pinyin: Hétián, formalmente: chinês simplificado: 和阗; chinês tradicional: 和闐), também Khotan, é a capital da jurisdição de Hotan, Xinjiang, China.

Com uma população de 114.000 pessoas (2006), Hotan está situada em Tarim Basin, bem ao norte da cordilheira montanhosa Kunlun, que é cortada pelas passagens Sanju, Hindu-tagh e Ilchi.

A cidade, localizada ao sudeste de Yarkand, é ocupada quase que exclusivamente pelos Uigures, é um centro secundário de agricultura e foi um importante ponto de parada no braço sul da histórica Rota da Seda.

Hotan sempre foi dependente de dois grandes rios, o rio Karakash e o rio Yurungkash, que forneciam a água necessária para a sobrevivência de toda a fronteira sudoeste do vasto deserto de Taklamakan. O Rio Yurungkash continua fornecendo água e irrigação para a cidade e o oásis.

Mapa físico da região.
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia da República Popular da China é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.