Hugo, bispo do Porto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura a rua homónima, no Porto, veja Rua de D. Hugo.

Hugo (? – 7 de Setembro de 1136), bispo do Porto entre 1113 e 1136.

Francês de origem, foi arcediago da sé de Compostela. Por influência do arcebispo Diogo Gelmires, de quem foi colaborador e amigo, veio a ser designado bispo do Porto, cuja sé vacante se encontrava unida à de Braga. Foi sagrado pelo arcebispo Maurício Burdino.

Em 1115 obteve em Roma a bula Egregias quondam, pela qual o papa Pascoal II restaurava "os termos antigos" da sua diocese. Pouco depois, chegou a obter também, mas por pouco tempo, a gerência da Diocese de Lamego. Em 1120, esteve em Cluny para tratar com o Papa Calisto II de negócios referentes ao Porto e a Compostela.

A rainha D. Teresa, mãe de D. Afonso Henriques, em 18 de Abril de 1120 fez a doação do burgo Portucalense e seu couto à sé e bispo do mesmo nome. Em 1123, D. Hugo deu foral ao "seu" burgo, determinando as instituições municipais pelas quais se deveria reger.

Em data que desconhecemos, deu início à construção da muralha de defesa do morro da Pena Ventosa, onde se localizava praticamente todo o burgo, sobre os restos de uma cerca romana. Iniciou, também, a construção da catedral, em substituição da ermida até então existente.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
vacante
Brasão episcopal
Bispo do Porto

1113 - 1136
Sucedido por
João Peculiar