Hussein Ali Montazeri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hussein Ali Montazeri
Nome nativo حسینعلی منتظری نجف آبادی
Nascimento 22 de setembro de 1922
Najafabad
Morte 20 de dezembro de 2009 (87 anos)
Qom
Sepultamento Santuário Fatima Masumeh
Cidadania Irã
Filho(s) Mohammad Montazeri, Ahmad Montazeri
Ocupação teólogo, filósofo, escritor, político
Religião Xiismo, Xiismo duodecimano
Causa da morte doença cardiovascular
Página oficial
http://www.amontazeri.com

Hussein Ali Montazeri (Najafabad, 22 de setembro de 1922 - Qom, 20 de dezembro de 2009[1]) (em persa: حسینعلی منتظری) foi um proeminente teólogo islâmico iraniano, defensor da democracia islâmica, escritor e ativista dos direitos humanos. Ele foi um dos líderes da Revolução Iraniana, em 1979. Chegou a ser cogitado como sucessor do líder supremo da revolução, o imã Ruhollah Khomeini, com quem teve discordâncias, em 1989, sobre as políticas do governo, que, segundo Montazeri, violavam a liberdade das pessoas e negava-lhes os seus direitos. Montazeri passou seus últimos anos na cidade sagrada de Qom, e manteve-se politicamente influente no Irã, especialmente para o movimento reformista.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]