I'm Eighteen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"I'm Eighteen"
Single de Alice Cooper
do álbum Love It to Death
Lado B "Body" ("Is It My Body?")
Lançamento Novembro de 1970
Formato(s) 7""
Gravação 1970
Gênero(s) Hard rock
Heavy metal
Duração 3:00
Composição Alice Cooper
Glen Buxton
Michael Bruce
Dennis Dunaway
Neal Smith
Produção Bob Ezrin
Cronologia de singles de Alice Cooper
"Shoe Salesman"
(1970)
"Caught in a Dream"
(1971)

I'm Eighteen é uma canção lançada por Alice Cooper em 1970, no álbum Love It to Death, sendo o primeiro grande sucesso do cantor ao atingir a vigésima primeira posição na Billboard Hot 100.[1] O single chamado "Eighteen" foi lançado em novembro de 1970, três meses antes do lançamento do álbum.

Conquistas[editar | editar código-fonte]

Rolling Stone incluiu a canção em sua lista das "500 melhores canções de todos os tempos[2] e citou: "Antes de "I'm Eighteen", Cooper era só mais uma excêntrica banda de hair rock. Mas este proto-punk quebrou a idade definida quando, nas palavras de Cooper, você é 'velho o bastante para trabalhar mas não o suficiente para votar.' Anos depois, Johnny Rotten cantou esta canção em uma audição ao Sex Pistols; depois disto Cooper foi um convidado no The Muppet Show."[3]

Foi escolhida pelo Rock and Roll Hall of Fame como uma das 500 Canções que Moldaram o Rock and Roll. A canção atingiu #39 nas 40 Melhores Canções de Metal do VH1.

Covers[editar | editar código-fonte]

Anthrax[editar | editar código-fonte]

"I'm Eighteen"
Canção de Anthrax
do álbum Fistful of Metal
Lançamento Janeiro de 1984
Gravação 1983
Gênero(s) Heavy metal
Duração 4:02
Gravadora(s) Megaforce/Music for Nations
Composição Alice Cooper, Glen Buxton, Michael Bruce, Dennis Dunaway, Neal Smith
Produção Carl Canedy, Jon Zalula
Faixas de Fistful of Metal
"Metal Thrashing Mad"
(2)
"Panic"
(4)

A banda de thrash metal Anthrax regravou a canção que foi lançada no álbum Fistful of Metal em 1984. A versão da banda é mais rápida que a versão de Alice Cooper e não há o uso da harmônica. A banda demorou dois dias para gravar a canção graças ao baixista Dan Lilker, que era muito preguiçoso e amador. Por causa disto o baixista foi expulso da banda e foi substituído por Frank Bello, que era sobrinho do baterista Charlie Benante.

Outras versões[editar | editar código-fonte]

A canção foi regravada pela banda de pós-grunge Creed na trilha sonora do filme The Faculty, de 1988. A canção também foi regravada por Camp Freddy, com Slash do Guns N' Roses na guitarra e Chester Bennington do Linkin Park nos vocais.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]