Iáia ibne Alcacim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Iáia ibne Alcacim
Califa idríssida
Reinado ?-905
Antecessor(a) Ali II
Sucessor(a) Iáia IV
 
Casa idríssida
Nascimento século IX
Morte 905
Pai Alcacim ibne Idris
Religião Islamismo xiita zaidita

Iáia ibne Alcacim[1][2] ou Iáia ibne Alcácime[3] (em árabe: يحي بن القاسم; transl.: Yahya ibn al-Qasim), também chamado Iáia III ou Iáia Almicdam, foi califa do Califado Idríssida do Magrebe que reinou de data incerta no século IX até 905. Foi antecedido por seu primo Ali II e sucedido por seu primo Iáia IV.[4]

Vida[editar | editar código-fonte]

Iáia era filho de Alcacim ibne Idris. Em alguma data incerta no fim do século IX, quando seu primo e califa Ali II foi obrigado a deixar a capital Fez por influência do rebelde Abdal Razaque, os habitantes do distrito cairuanense de Fez nomearam Iáia como sucessor. Iáia tomou o distrito andalusino, obrigando Razaque a fugir, e sua vitória assegurou seu poder. Governou por vários anos, tempo no qual combateu os sufritas. Foi morto em combate em 905 por Rabi ibne Solimão, um general de Iáia, seu primo e sucessor.[4]

Referências

  1. Alves 2014.
  2. Dias 1940, p. 216; 218.
  3. Coelho 1989, p. 56.
  4. a b Eustache 1998, p. 1036.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Alves, Adalberto (2014). «Iáia». Dicionário de Arabismos da Língua Portuguesa. Lisboa: Leya. ISBN 9722721798 
  • Coelho, António Borges (1989). Portugal na Espanha Arabe: História. Lisboa: Editorial Caminho. ISBN 9722104209 
  • Dias, Eduardo (1940). Árabes e muçulmanos. Lisboa: Livraria clássica editora, A. M. Teixeira & c.a. 
  • Eustache, D. (1998). «Idrisids». In: Lewis, B.; Ménage, V. L.; Pellat, Ch.; Schacht, J. The Encyclopaedia of Islam - Vol. III - H-Iram. Leida: Brill