Igreja Presbiteriana do Campo Belo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Igreja Presbiteriana do Campo Belo
Orientação Calvinista, Presbiteriana
Sede São Paulo, São Paulo,  Brasil
Localização R. Gabrielle D'Annunzio, 952, Campo Belo
23° 37' 27" S 46° 40' 29" O

A Igreja Presbiteriana do Campo Belo, conhecida até 2016 como Igreja Cristã Reformada do Campo Belo[1] e também como Igreja Evangélica Suíça de São Paulo[2], é uma igreja protestante reformada originada com a colônia suíça de São Paulo, SP, Brasil, com sede no Campo Belo, à rua Gabriele d’Annunzio, 952.

Foi fundada em meados do século XX, inicialmente reunindo-se nas dependências do então consulado suíço no centro da cidade. Inicialmente atendia as necessidades espirituais dos imigrantes, mas hoje, é predominantemente constituída por brasileiros sem ascendência suíça. A partir de 2016 a Igreja Cristã Reformada do Campo Belo passou a ser uma igreja federada a Igreja Presbiteriana do Brasil e desde então passou a nomear-se como Igreja Presbiteriana do Campo Belo.[3]

Orientação Teológica[editar | editar código-fonte]

A igreja local segue uma linha zwingli-calvinista ortodoxa, estando vinculada por laços de irmandade à Igreja Evangélica Reformada de Zurique, ZH, Suíça que, entretanto, é adepta da Teologia liberal até 2016. A partir de então, a igreja passou a integrar a Igreja Presbiteriana do Brasil, uma igreja que subscreve oficial a Confissão de Fé de Westminster, Catecismo Maior de Westminster e Breve Catecismo de Westminster, sendo uma denominação conservadora e evangélica compatível com os ensinos da Igreja Presbiteriana do Campo Belo.[4]

A igreja local também subscreve a Segunda Confissão Helvética, as Três Formas de Unidade (Confissão Belga, o Catecismo de Heidelberg e os Cânones de Dort).[5]

Obras[editar | editar código-fonte]

Sociais[editar | editar código-fonte]

Deu origem ao orfanato Lar Feliz, que em 2007 transferiu sua sede para Curitiba, devido a exigências burocráticas da prefeitura de São Paulo consideradas difíceis de atender.

Evangélicas[editar | editar código-fonte]

A igreja auxilia uma missão no Piauí, é responsável pelo cuidado pastoral do Retiro Suíço (Benemerência Helvetia) em Campo Limpo Paulista, SP, e mantém trabalhos evangelísticos no bairro da Luz e em Jundiaí.

Pastores[editar | editar código-fonte]

Seu pastor, desde 2001, é o Rev. Valdeci da Silva Santos (presbiteriano); seu antecessor (19952001), Augustus Nicodemus Lopes, também presbiteriano, foi o primeiro pastor brasileiro dessa congregação[6], após vários pastores enviados da Suíça. Devido ao contraste entre a Teologia liberal, dominante nas igrejas reformadas europeias como a Igreja Reformada Suíça, tornou-se incompatível a relação entre a Igreja Evangélica Suiça de São Paulo e a igreja europeia, razão pela qual começou a receber pastores da Igreja Presbiteriana do Brasil[7]. Durante a ausência do pastor titular para um doutorado nos Estados Unidos da América, entre 2009 e 2010, substituiu-o o pastor Cláudio Marra, também presbiteriano e antigo editor da Editora Abril.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências