Monumento Natural do Arquipélago das Ilhas Cagarras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ilhas Cagarras)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Monumento Natural do Arquipélago das Ilhas Cagarras
Categoria III da IUCN (Monumento Natural)
Vista aérea do arquipélago.
Localização Rio de Janeiro, Brasil Brasil
Dados
Área 523 ha
Criação 13 de abril de 2010
Gestão Secretaria Municipal de Meio Ambiente do Rio de Janeiro
Coordenadas 23° 01' 49" S 43° 12' 01" O
Monumento Natural do Arquipélago das Ilhas Cagarras está localizado em: Brasil
Monumento Natural do Arquipélago das Ilhas Cagarras

O Monumento Natural do Arquipélago das Ilhas Cagarras, popularmente conhecido como simplesmente Ilhas Cagarras, é um arquipélago localizado no Oceano Atlântico, ao largo da cidade e estado do Rio de Janeiro, no Brasil.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Cerca de cinco quilômetros ao Sul da conhecida praia de Ipanema, o arquipélago é integrado por sete ilhas e rochedos.

Denominações oficiais[1][2]:

  • Cagarras
  • ilhota Filhote da Cagarra
  • Palmas
  • Comprida
  • Redonda
  • ilhota Filhote da Redonda
  • Rasa

História[editar | editar código-fonte]

Bairros de Ipanema e Lagoa, no Rio de Janeiro, Brasil. Ao fundo, o Arquipélago das Cagarras.

Não há consenso entre os autores acerca da origem do nome do arquipélago. A versão mais comumente aceita refere que a toponímia seria devida à grande quantidade de excremento das aves marinhas que habitam, nidificam e se alimentam nas suas ilhas. Segundo Paula Rivelle, após se alimentarem, principalmente de peixes, excretam suas fezes, ricas em cálcio, nas encostas rochosas das ilhas, manchando-as de branco. Em 1730, a Cagarra, a sua ilha principal, figura numa carta náutica com o nome afrancesado de "Ilha Cagade". Em outra carta, datada de 1767, a mesma ilha figura com a sua denominação em português: "Ilha Cagado". Outra possibilidade, é que os primeiros marinheiros portugueses que aqui chegaram confundiram as fragatas (aves marinhas que nidificam nestas ilhas) com as aves marinhas que vivem nos arquipélagos da Madeira e dos Açores (territórios portugueses), cagarras ou cagarros (Calonectris diomedea), que não se encontram nas ilhas brasileiras.

Em 2010 o Vice-Presidente em exercício José Alencar sancionou lei criando o Monumento Natural do Arquipélago das Ilhas Cagarras[3], proposta em 2003 por Fernando Gabeira, então deputado federal pelo PT/RJ[4], sendo portanto uma unidade de preservação ambiental. Ali próximo existe o lançamento de esgotos de praticamente toda a Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro, através do emissário submarino de Ipanema, uma importante obra de engenharia sanitária construída na década de 1970 e de acordo com o Protocolo de Annapolis.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Monumento Natural do Arquipélago das Ilhas Cagarras
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia do Rio de Janeiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.