Imigração italiana no México

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Itália Italo-mexicano México
Ítalomexicano
População total
Regiões com população significativa
Puebla
Distrito Federal
Baja California
Veracruz
Nuevo León
Línguas
Italiano  · Chipilenho
Religiões
A maioria
Igreja Católica Apostólica Romana
Grupos étnicos relacionados
Hispânicos · Mexicanos

A imigração italiana no México são os descendentes de uma enorme comunidade de imigrantes chegados ao México entre 1840 á actualidade.

O México é o único país da América Hispânica onde se fala uma língua italiana, a chama-se Chipilenho é uma variante véneta irmanada com o Talian do Brasil. Em Chipilo pessoas retêm o Idioma Véneto como língua de uso comum desde 1902 e faz parte do património cultural do México. Esta linguagem é objeto de estudo de muitos linguistas que estão surpresos com a riqueza linguística do México em relação a outras línguas que não sejam línguas espanhola ou indígenas.

Monument in San Pedro Garza García comemoração da presença italiana em Nuevo León.

Histórico[editar | editar código-fonte]

A imigração estado-unidense só começou em principio do século XIX, com a instauração da primeira república, despois do primeiro império de Agustín de Iturbide.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências