Instituto Brasiliense de Direito Público

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade deste(a) artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo.
Por favor, adicione mais referências inserindo-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde dezembro de 2010).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.

O Instituto Brasiliense de Direito Público - IDP é uma instituição educacional brasileira, fundada em Brasília em 1998, que oferece cursos, presenciais e on-line, de pós-graduação, extensão e mestrado na área do Direito. No IDP, os profissionais e estudantes da área jurídica têm a oportunidade de aprender diretamente com quem faz doutrina e jurisprudência no Brasil.[carece de fontes?]

Seus sócio-fundadores são o Ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Ferreira Mendes, o ex-Procurador Geral da República, Inocêncio Mártires Coelho, e o Sub-Procurador Geral da República, Paulo Gonet Branco.[carece de fontes?]

Entre os professores do IDP estão mestres e doutores que atuam no cenário jurídico brasileiro como Ministros de Tribunais Superiores, Procuradores, advogados e consultores jurídicos de diversos órgãos públicos e privados.[carece de fontes?]

Em 2010 o IDP obteve autorização do Ministério da Educação para criar a Escola de Direito de Brasília – EDB e iniciar seu primeiro curso de graduação na área de Direito.