Islamismo na Rússia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Áreas na Rússia com maioria muçulmana.

O islamismo é a segunda religião mais amplamente professada na Rússia. De acordo com uma pesquisa pelo Centro de Pesquisas de Opinião Pública Russa, 6% dos entrevistados se consideravam muçulmanos.[1] Segundo a Reuters, as minorias muçulmanas compõem 1/7 (14%) da população da Rússia.[2] Os muçulmanos constituem as nacionalidades na Ciscaucásia, vivendo entre o Mar Negro e o Mar Cáspio: adigues, bálcaros, chechenos, circassianos, inguches, cabardinos, carachais e vários povos do Daguestão. Além disso, no meio da bacia do rio Volga residem populações de tártaros e bashkires, a grande maioria das quais são muçulmanas. O islã é considerado como uma das religiões tradicionais da Rússia, legalmente uma parte do patrimônio histórico russo.[3] Há mais de 5.000[4] organizações religiosas muçulmanas registradas (divididas em sunitas, xiitas e grupos sufi), que correspondem a apenas um sexto da número de organizações religiosas registradas da Igreja Ortodoxa Russa, de cerca de 29.268 (dezembro de 2006).[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «(em russo)Опубликована подробная сравнительная статистика религиозности в России и Польше» 🔗. religare.ru. 6 de junho de 2007. Consultado em 27 de dezembro de 2007 
  2. «Analysis: Airport bomb may aggravate Russian ethnic tensions». Reuters. 26 de janeiro de 2011 
  3. Bell, I (2002). Eastern Europe, Russia and Central Asia. [S.l.: s.n.] ISBN 9781857431377. Consultado em 27 Dec. 2007  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. Page, Jeremy (5 de agosto de 2005). «The rise of Russian Muslims worries Orthodox Church». The Times. London. Consultado em 22 de maio de 2010 
  5. Сведения о религиозных организациях, зарегистрированных в Российской ФедерацииПо данным Федеральной регистрационной службы, декабрь 2006 (em russo)