Isospora belli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma infocaixa de taxonomiaIsospora
Oocito de isospora belli

Oocito de isospora belli
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Chromalveolata
Superfilo: Alveolata
Filo: Apicomplexa
Classe: Conoidasida
Subclasse: Coccidiasina
Ordem: Eucoccidiorida
Subordem: Eimeriorina
Família: Eimeriidae
Género: Isospora
Espécie: Isospora belli

Isospora belli ou Cystoisospora belli é um protozoário coccídeo do filo Apicomplexa que infectam cães, gatos, porcos, primatas e humanos. É mais comum nos trópicos, particularmente no Caribe, América Central e América do Sul. É transmitido pela carne desses animais e por água infectada com fezes.[1]

Ciclo de vida[editar | editar código-fonte]

O ciclo de vida do Isospora é direto e não necessita de um hospedeiro intermediário. Os oocistos são excretados com as fezes de indivíduos infectados, ainda imaturos, não esporulados e não-infecciosos. A esporulação, requer vários dias e tem lugar no ambiente externo, em locais quentes e úmidos, e conduz à formação de dois esporocistos, cada um contendo quatro esporozoítos.[2]

Se oocistos são acidentalmente ingeridos através de alimentos ou água contaminados, os esporozoítos são liberados e se inserem nos enterócitos do intestino delgado (duodeno e jejuno), onde eles começam a reprodução assexuada. Pelo menos uma semana mais tarde, a reprodução sexual também é iniciada, o que resulta na formação de oocistos contendo cada um um único esporoblasto. Os oocitos são excretados por anos ou mesmo décadas.[2]

Patologia[editar | editar código-fonte]

Ver: Isosporíase

Em indivíduos imunocompetentes, a infecção é geralmente assintomática, mas também pode causar uma enterite com diarreia que melhora em poucos dias. Já em pessoas imunocomprometidas a infecção provoca diarreia graves similares à cólera e que requerem hospitalização.[2]

O diagnóstico é feito com exame de fezes e observação em microscópio. A parede do cisto e esporoblastos se tingem de vermelho com os métodos de coloração Ziehl-Neelsen (quente) ou Kinyoun (frio). Ambos os métodos têm boa especificidade e, portanto, são úteis como testes de confirmação. Como osCyclospora, o Isospora belli é auto-fluoresceste sob luz UV.[2]

O tratamento é feito com reposição de líquidos e cotrimoxazol. A prevençao e feita com higiene básica, tratamento de água e esgoto e cozinhando bem os alimentos, principalmente a carne de porco.[3]

Referências

  1. Biology of Isospora spp. from Humans, Nonhuman Primates, and Domestic Animals. DAVID S. LINDSAY, J. P. DUBEY, BYRON L. BLAGBURN. http://cmr.asm.org/content/10/1/19.full.pdf
  2. a b c d http://www.atlas-protozoa.com/Isospora_belli.php
  3. http://www.cdc.gov/parasites/cystoisospora/faqs.html