Israel Dias Novaes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Israel Dias Novaes

Israel Dias Novaes (Avaré, 30 de abril de 1920São Paulo, 6 de junho de 2009) foi um escritor e político brasileiro. Filho de José de Araujo Novaes (Juca Novaes) e Judith Dias Baptista.

Em Botucatu fez o ginasial e em São Paulo cursou a Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, terminando em 1943. Conhecido pelo tratamento familiar “Lalá”. Foi dirigente do Centro Acadêmico XI de Agosto, e dirigiu “O parnaso”, jornal da agremiação. Atuou como repórter, cronista político e redator-chefe do jornal “Correio Paulistano” e foi editor da “Revista Brasileira de Poesia”.

Político[editar | editar código-fonte]

Diversas vezes foi deputado estadual e deputado federal. No governo Jânio Quadros foi Secretário de Governo e chefe de gabinete, isso em 1956. Criou a Comissão Estadual de Literatura e o Conselho Estadual de Cultura.
Presidente da C.P.I. do Índio;
Instituidor do Seminário sobre censura no Brasil;
Delegado ao Congresso na reunião da UNESCO de Montreal;
Deputado estadual em 1958-1962/ 1962-1966;
Deputado federal em 1966-1968 / 1978-1980/ 1982-1986;
Vereador de São Paulo/Capital- 1976/1978

Acadêmico[editar | editar código-fonte]

Ex-presidente e membro das entidades:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 14 de julho de 2009. Arquivado do original em 8 de novembro de 2010