Itziar Ituño

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Itziar Ituño
Ituño em 2019
Nome completo Itziar Ituño Martinez
Nascimento 18 de junho de 1974 (46 anos)
Basauri, Vizcaya
Nacionalidade espanhola
Ocupação
Período de atividade 1997–presente

Itziar Ituño Martinez (Basauri, 18 de junho de 1974) é uma atriz, cantora e compositora espanhola.


Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida em Basauri, estudou atuação na Escola de Teatro Basauriko Antzerki.[1] Ituño também é formada em Sociologia urbana-industrial e política pela Universidade do País Basco.[2] A atriz divide seu trabalho no cinema, televisão, teatro e música, sendo vocalista de três grupos: Dangiliske, EZ3 e INGOT.[3] Seu primeiro trabalho na televisão ocorreu em 1997, no filme de TV Agur Olentzero, Agur. Em 2001, passou a interpretar Nekane Beitia na série Goenkale, no qual permaneceu até 2015.[4] Se consolidou como atriz nas produções do seu próprio país, como o premiado Loreak (2014), primeiro filme do País Basco indicado ao Goya (importante premiação espanhola). O filme também foi indicado ao Óscar.[5] O mesmo rendeu a ela o prêmio de Melhor Atriz no brasileiro 25° Cine Ceará em 2015. Desde 2017, interpreta Raquel Murillo(Lisboa) na série La casa de papel.[6][7][8]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1997 Agur Olentzero, Agur
2000 Ander eta konpainia
2000–01 Teilatupean
2002 Platos Sucios
Killer Dema
2011 Vaya Semanita
Sabin Paulina Arana
2001–15 Goenkale Nekane Beitia
2017 Cuéntame cómo pasó Koro Zabaleta
2017–presente La casa de papel Raquel Murillo (Lisboa)

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
2002 Agujeros en el cielo Elena
2003 El final de la noche Raquel
2005 Arkadia
Seré tus ojos
2007 Silencio
2008 Entereza
2010 El cazador de dragones Maddalen
Estrellas por alcanzar
Izarren argia Sor Angustias
2012 Bárbara
2014 La eta zabala Amaia
Loreak Lourdes
2015 Un otoño sin Berlín Sofía
2016 Igelak Carmen
2017 For the Good times Ainhoa
Errementari: El herrero y el diablo Ana
2018 Basque selfie

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • Jostailuen istorioak / Historia de juguetes (2005)
  • Izarrak / Estrellas (2003)
  • Pakitarentzat bakarrik (2004)
  • Seda / Zeta (2005)
  • Lapurzuloa /Cueva de ladrones (2007)
  • Gronholm metodoa (2008)
  • Auri-Auri (2010)
  • Ilunpetan / El Apagón (2010)
  • Amantalaren ahotsa (2011)
  • Herioa eta dontzeila (2012)
  • Hitzak / Palabras (2013–14)
  • Yo soy pichichi (2018)

Referências

  1. «Itziar Ituño - Loinaz Representación». www.loinazactores.com. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  2. «Itziar Ituño - Loinaz Representación». www.loinazactores.com. Consultado em 30 de setembro de 2019 
  3. «Itziar Ituño, de La Casa de Papel, sorprende con su faceta de cantante». HOLA USA (em espanhol). 16 de agosto de 2019. Consultado em 30 de setembro de 2019 
  4. «Nekane Beitia». www.eitb.eus (em basco). Consultado em 30 de setembro de 2019 
  5. «Itziar Ituño: «La candidatura a los Oscar parecía algo imposible»». Última Hora (em espanhol). 27 de maio de 2016. Consultado em 30 de setembro de 2019 
  6. Mantilla, Jesús Ruiz (13 de agosto de 2019). «Itziar Ituño: "Nunca me he enamorado del enemigo"». Madrid. El País (em espanhol). ISSN 1134-6582 
  7. «Rockera, socióloga y fan de Darín: Así es Itziar Ituño, la inspectora Murillo de 'La casa de papel'». vf (em espanhol). 17 de julho de 2018. Consultado em 30 de setembro de 2019 
  8. «Itziar Ituño, entre comisaria en 'La casa de papel' y activista del mundo proetarra». El Español (em espanhol). 3 de maio de 2017. Consultado em 30 de setembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]