Ivica Račan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ivica Račan
Primeiro-ministro da  Croácia
Período 27 de janeiro de 2000
a 23 de dezembro de 2004
Antecessor(a) Zlatko Mateša
Sucessor(a) Ivo Sanader
Dados pessoais
Nascimento 24 de fevereiro de 1944
Ebersbach-Neugersdorf,
Flag of Nazi Germany (1933-1945).svg Alemanha
Morte 29 de abril de 2007 (63 anos)
Zagreb,  Croácia
Nacionalidade croata
Alma mater Universidade de Zagreb

Universidade Central de Zagreb

Partido SDP
Profissão Político

Ivica Račan (Ebersbach-Neugersdorf, 24 de fevereiro de 1944Zagreb, 29 de abril de 2007) foi um político croata de esquerda.[1] Foi primeiro-ministro da Croácia de 2000 a 2004, quando liderou uma coalizão de centro-esquerda do governo, em dois mandatos consecutivos.

Račan se tornou o primeiro primeiro-ministro da Croácia a não ser membro da União Democrática Croata (HDZ), ou seja, a coalizão de oposição liderada por seu Partido Social Democrata (SDP) venceu as eleições parlamentares de 2000 e chegou ao poder pela primeira vez desde a independência. Ele era o líder do partido, inicialmente denominado Liga dos Comunistas da Croácia (SKH) de 1990 a 2007.

Antes de se tornar primeiro-ministro, serviu na qualidade de Líder da Oposição em duas ocasiões: em primeiro lugar, desde as primeiras eleições multipartidárias em maio de 1990 até a formação de um governo de unidade nacional sob Franjo Gregurić em julho de 1991; e, em segundo lugar, desde sua derrota nas eleições gerais de 2003 por Ivo Sanader até sua morte em 29 de abril de 2007.[2][3]

Referências

  1. Croatia's former PM Racan dies of cancer (em inglês)
  2. East, Roger; Thomas, Richard J. (2003). Profiles of People in Power: The World's Government Leaders (1st ed.). London, UK: Europa Publications. ISBN 978-1-85743-126-1
  3. Stallaerts, Robert (2010). Historical Dictionary of Croatia (3rd ed.). Lanham, MD: Scarecrow Press. ISBN 978-0-8108-6750-5
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.