James Demmel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
James Demmel
Nascimento 19 de outubro de 1955 (63 anos)
Pittsburgh
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Alma mater Instituto de Tecnologia da Califórnia, Universidade da Califórnia em Berkeley
Prêmios Prêmio Leslie Fox de Análise Numérica (1988), Prêmio James H. Wilkinson (1993), Prêmio Sidney Fernbach (2010)
Orientador(es) William Kahan
Instituições Universidade de Nova Iorque, Universidade da Califórnia em Berkeley
Campo(s) Matemática e ciência da computação
Tese 1983: A Numerical Analyst's Jordan Canonical Form

James Weldon Demmel (Pittsburgh, 19 de outubro de 1955) é um matemático e cientista da computação estadunidense. É Distinguished Professor da Cátedra Dr. Richard Carl Dehmel de Matemática e Ciência da Computação da Universidade da Califórnia em Berkeley.[1]

Demmel fez seus estudos de graduação no Instituto de Tecnologia da Califórnia, com pós-graduação com um B.S. em 1975 em matemática.[2][3] Obteve um Ph.D. em ciência da computação em 1983 na Universidade da Califórnia em Berkeley, orientado por William Kahan, com a tese A Numerical Analyst's Jordan Canonical Form.[4] Após ter uma posição na faculdade da Universidade de Nova Iorque durante seis anos, foi para a Universidade da Califórnia em Berkeley em 1990.[2][3]

Demmel é conhecido por seu trabalho no LAPACK, uma biblioteca de programas para álgebra linear numérica[2][5] e mais geralmente para pesquisas de algorítmos numéricos combinando rigor matemático com implementações de elevada performance.[1] Prometheus, um solver multigrid paralelo de elementos finitos escrito por Demmel, Mark Adams e Robert L. Taylor, ganhou o Prêmio Carl Benz na Supercomputing 1999 e o Prêmio Gordon Bell para Adams e seus colaboradores na Supercomputing 2004.[6]

Demmel foi eleito membro da Academia Nacional de Engenharia dos Estados Unidos em 1999,[5] fellow da Association for Computing Machinery em 1999, fellow do Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos (IEEE) em 2001, fellow da SIAM em 2009, e membro da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos em 2011.[1][7] Demmel foi um dos dois honorificados em 1986 com o Prêmio Leslie Fox de Análise Numérica.[5][8] Em 1993 recebeu o Prêmio James H. Wilkinson,[1][5] e em 2010 recebeu o Prêmio Sidney Fernbach.[2][3] Em 2012 tornou-se fellow da American Mathematical Society.[9]

Demmel é casado com Katherine Yelick, professora de engenharia elétrica e ciência da computação da Universidade da Califórnia em Berkeley,[10] e diretora associada do Laboratório de Ciência da Computação do Laboratório Nacional de Lawrence Berkeley.[11]

Referências

  1. a b c d Berkeley's James Demmel Elected to National Academy of Sciences Arquivado em 6 de junho de 2011, no Wayback Machine., Laboratório Nacional de Lawrence Berkeley, May 3, 2011.
  2. a b c d UC Berkeley Professor James Demmel Receives 2010 IEEE Computer Society Sidney Fernbach Award Arquivado em 4 de junho de 2011, no Wayback Machine., HPCwire, September 30, 2010.
  3. a b c James W. Demmel, 2010 Sidney Fernbach Award Recipient, IEEE Computer Society.
  4. James Demmel (em inglês) no Mathematics Genealogy Project.
  5. a b c d NAE Elects New Members Arquivado em 28 de abril de 2018, no Wayback Machine., SIAM, May 22, 1999.
  6. Supercomputing 2004 Awards Arquivado em 4 de fevereiro de 2009, no Wayback Machine..
  7. Members and Foreign Associates Elected, National Academy of Sciences, May 3, 2011.
  8. Past prizewinners Arquivado em 22 de maio de 2011, no Wayback Machine., 13th Leslie Fox Prize for Numerical Analysis, June 22, 2007.
  9. List of Fellows of the American Mathematical Society.
  10. Wong, Patty (February 14, 2002), «Faculty Couples Keep Love Alive at Work», The Daily Californian  Verifique data em: |data= (ajuda).
  11. Katherine Yelick Biographical Sketch.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.