Jean Ragnotti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jean Ragnotti
Nascimento 29 de agosto de 1945 (74 anos)
Carpentras
Cidadania França
Ocupação piloto de rally

Jean Ragnotti (Pernes-les-Fontaines, 29 de agosto de 1945) é um ex-automobilista francês.

Tendo corrido durante vários anos no World Rally Championship (WRC) como piloto da Renault, Ragnotti é lembrado principalmente por sua primeira vitória na categoria, em 1981, no Rali de Monte Carlo.[1][2] Esta vitória tornou-se célebre por ser a primeira corrida do Renault 5 Turbo, assim como o primeiro carro turbo a vencer uma corrida na categoria.[1][2]

Ragnotti ainda seria responsável por mais duas vitórias do Renault 5 Turbo no WRC.[1] A primeira ocorrendo na temporada seguinte, no caseiro Rali da Córsega,[1] quando passou a contar com a concorrência do lendário Audi Quattro, que estreou a tração integral e tornou obsoleto praticamente todos os carros de rali da temporada;[1] e a segunda ocorrendo apenas três temporadas depois, no mesmo Rali da Córsega.

Como piloto da Renault, Ragnotti também chegou a participar da principal categoria de fórmula, a Fórmula 1, como piloto de safety car do Renault Clio Maxi. Participando dos treinos para o GP de Mônaco de 1995, se envolveu num acidente com o japonês Taki Inoue, que pilotava um Footwork, quando não viu o carro deste sendo rebocado para os boxes, e o acertou.[3][4]

Referências

  1. a b c d e «"Lendas do WRC: Renault 5, o carro de rali certo no momento errado"». Consultado em 19 de março de 2016 
  2. a b «"Este Renault 5 Turbo é mais uma prova de que motores de quatro cilindros também roncam bonito"». Consultado em 19 de março de 2016 
  3. «"Jean Ragnotti's crash course car"». Consultado em 31 de janeiro de 2018 
  4. «"The month in Motor Sport"». Consultado em 31 de janeiro de 2018 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jean Ragnotti
Ícone de esboço Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.