José II de Constantinopla

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
José II de Constantinopla (esq.).
Afresco por Benozzo Gozzoli, in situ na Capela dos Reis Magos, Florença.

José II de Constantinopla (em grego: Ιωσήφ Β΄) foi o patriarca grego ortodoxo de Constantinopla entre 1416 e 1439.

Vida e obras[editar | editar código-fonte]

Filho de Ivan Shishman da Bulgária, pouco se sabe sobre os primeiros anos de sua vida, exceto que se tornou um monge em Monte Atos. Ele se tornou metropolita de Éfeso em 1393, antes de ser eleito patriarca de Constantinopla em 21 de maio de 1416. Junto com o imperador bizantino João VIII Paleólogo, 23 bispos metropolitas e diversos estudiosos e acadêmicos, ele também participou da embaixada grega de quase 700 pessoas enviadas para participar do concílio de Florença. Enquanto estava na cidade, ele se hospedou no Palazzo Ferrantini. Ele foi retratado nos afrescos de Benozzo Gozzoli na Capela dos Reis Magos do Palazzo Medici Riccardi, que celebra a entrada dos dignatários bizantino na cidade.

José já estava muito velho e doente e morreu dois meses depois de chegar, em 10 de junho de 1439. Sua morte provocou muito pesar à todos os presentes no concílio, pois ele era um fervoroso defensor da união entre as igrejas, separadas desde o Grande Cisma do Oriente em 1054. Sua sepultura na igreja do convento dominicano de Santa Maria Novella, em Florença, permanece até hoje, com um elaborado retrato em estilo semi-bizantino.

Seu sucessor foi o também unionista Metrófanes II, apontado por João VIII justamente por sua simpatia com a causa.

Ver também[editar | editar código-fonte]

João II de Constantinopla
(1416 - 1439)
Precedido por: Cruz ortodoxa.png
Lista dos patriarcas grego ortodoxos de Constantinopla
Sucedido por:
Eutímio II 154.º Metrófanes II


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre José II de Constantinopla