Saltar para o conteúdo

Josef Ressel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Josef Ressel
Josef Ressel
Nascimento 29 de junho de 1793
Chrudim
Morte 9 de outubro de 1857 (64 anos)
Liubliana
Sepultamento Navje
Cidadania Império Austríaco
Filho(a)(s) Jindřich Ressel
Alma mater
Ocupação inventor, técnico, silvicultor, escritor
Causa da morte malária

Josef Ludvík František Ressel (em checo) ou Joseph Ludwig Franz Ressel (em alemão) ou Josip Ressel (em esloveno e croata) (Chrudim, Boêmia, 29 de junho de 1793Liubliana, 9 de outubro de 1857) foi um guarda-florestal austro-húngaro e o inventor da hélice de propulsão para navios, baseando-se na ideia do parafuso de Arquimedes.

Ressel nasceu em Chrudim, na Boêmia. Seu pai era alemão e sua mãe checa. Estudou em Linz e Viena e trabalhou como engenheiro florestal em Motovun, Ístria (atualmente Croácia) para o governo austríaco. Ele trabalhou em Kostanjevica, no rio Krka (hoje Eslovênia, então Império Austríaco), onde testou suas hélices de navio pela primeira vez. Foi transferido em 1821 para Trieste, então o maior porto do Império Austríaco, onde seus testes tiveram sucesso. Ele ganhou a patente da hélice em 1827. Ressel modificou o pequeno barco a vapor Civeta por volta de 1829 e testou-o no porto de Trieste a seis nós, até que os canos de condução de vapor explodiram. Devido a este acidente, que nada tinha a ver com o conceito em si da hélice como propulsora de navios, a polícia baniu os testes seguintes.[1][2][3]

Em 1804, credita-se ao estado-unidense John Fitch uma hélice em parafuso, que não teve sucesso. Em 1836, o britânico Francis Pettit Smith testou uma hélice similar à de Ressel. A primeira viagem transatlântica de um navio a propulsão por hélice ocorreu em 1839, com a hélice de Ressel melhorada pelo engenheiro sueco John Ericsson. O projeto de hélice de propulsão estabilizou-se na década de 1880.[1][2][3]

Entre as invenções de Ressel podem-se citar o correio pneumático e o rolamento a esferas (rolimã). Foram-lhe dadas diversas patentes durante sua vida.[1][2][3]

Ressel morreu de malária em Liubliana e está enterrado no cemitério de Navje.[1][2][3]

Referências

  1. a b c d Erhard Marschner: "Josef Ressel. Erfinder der Schiffsschraube - Seine Vorfahren und Nachkommen" [Josef Ressel. O inventor dda hélice para navios - seus ascendentes e descendentes], 1979, ISBN 3-7686-6016-8.
  2. a b c d Václav Gutwirth: "Vynálezce Josef Ressel" [Inventor Josef Ressel], 1943, Praga.
  3. a b c d Jiří Charvát, Pavel Kobetič et al: "Josef Ressel a Chrudim" [Josef Ressel e Chrudim], 1986, publicado pelo Museu Regional de Chrudim. O museu tem uma coleção de materias sobre Ressel.

Ligações externas

[editar | editar código-fonte]
Commons
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Josef Ressel
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.