Josineia Godinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Josinéia Godinho
Josinéia Godinho, ao órgão tubular do Museu da Música de Mariana em 2016
Nascimento 4 de agosto de 1966
São Paulo (SP)
Residência Mariana
Nacionalidade brasileira
Ocupação organista
regente
professora
pesquisadora
Principais trabalhos prática e ensino de órgão tubular, regência e pesquisa musicológica em Mariana
Página oficial
https://www.facebook.com/josineia.godinho

Josinéia Godinho (São Paulo,[1] 4 de agosto de 1966) é uma organista, regente, professora e pesquisadora brasileira, com atuação principal na Catedral de Mariana, no Seminário Maior de São José e no Museu da Música de Mariana.

Estudos e pesquisas[editar | editar código-fonte]

Bacharel em Órgão pela Faculdade Santa Marcelina (São Paulo), diplomada em Música Sacra e Órgão pela Escola Superior de Música e Teatro de Hamburgo (Hochschule für Musik und Theater Hamburg)[2] e mestre em Musicologia Histórica pela Universidade Federal de Minas Gerais sob a orientação de Maurício Alves Loureiro e co-orientação de Paulo Castagna,[3][4] aperfeiçoou-se em órgão e regência na Alemanha, Holanda e no Tsukuba Bach Grove Cultural Foundation (Japão),[5][2][6] participando de eventos organísticos em vários países da América Latina.[7]

Trajetória profissional[editar | editar código-fonte]

Atuou como regente e organista em São Paulo na década de 1990, particularmente nas séries de concertos da Associação Paulista de Organistas, porém radicando-se em Mariana a partir de 2000, cidade na qual passou a se apresentar nos concertos regulares de órgão na Catedral de Mariana até 2014,[8][9][10][11][12][13][14] além de concertos de órgão e cravo em outras cidades históricas mineiras[10][15] e na Alemanha.[16][5][17][18][19][20]

Assumiu em 2011 os cargos de organista e regente da Catedral de Mariana,[21][22] orientando alunos de órgão na Basílica de Lourdes (Belo Horizonte) e no Museu da Música de Mariana,[23][24] além de fazer parte do corpo docente do curso de pós-graduação lato sensu em História da Arte Sacra da Faculdade Arquidiocesana de Mariana (FAM).[25]

Foi a organista dos volumes 4 (2002)[26] e 7 (2003)[27] da série Acervo da Música Brasileira do Museu da Música de Mariana, atuando também como pesquisadora, regente e professora em vários projetos dessa instituição a partir de 2005. Criou, em 2015, o Curso Básico de Formação de Organistas do Museu da Música de Mariana, sendo a responsável pelo órgão positivo dessa instituição, provisoriamente instalado na Capela da Ordem Terceira do Carmo de Mariana até a conclusão do restauro da Catedral de Mariana.[24][28]

Gravações[editar | editar código-fonte]

Reportagens em vídeo[editar | editar código-fonte]

Dissertação de Mestrado[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Multimúsica - Josinéia Godinho
  2. a b «Josinéia Godinho». Multimusica. Consultado em 26 de janeiro de 2016 
  3. Josinéia Godinho (2008). «Do Iluminismo ao Cecilianismo: a música mineira para a missa nos séculos XVIII e XIX». Universidade Federal de Minas Gerais. Consultado em 29 de janeiro de 2016 
  4. «Domínio Público - Detalhe da Obra». Do Iluminismo ao Cecilianismo: a música mineira para a missa nos séculos XVIII e XIX. Consultado em 29 de janeiro de 2016 
  5. a b «Turnê de cravo pela Alemanha». Movimento.com. Consultado em 29 de janeiro de 2016 
  6. «Órgão / Organistas «  Órgão da Sé». www.orgaodase.com.br. Consultado em 19 de janeiro de 2018 
  7. «XXVII Festival Internacional de Órgano del Uruguay - Dirección artística: Cristina García Banegas - Escuela Universitaria de Música». www.eumus.edu.uy. Consultado em 30 de janeiro de 2016 
  8. «arquiteturismo 054.02 viagem cultural: Os concertos na Sé de Mariana». www.vitruvius.com.br. Consultado em 29 de janeiro de 2016 
  9. «Arte, arquitetura e música na histórica Mariana». Hoje Em Dia. 5 de dezembro de 2012. Consultado em 26 de janeiro de 2016. Arquivado do original em 2 de março de 2016 
  10. a b «Josinéia Godinho e Lúcia Alves de Melo se apresentam na Série de Concertos do Museu do Oratório». JornalVozAtiva.com. 16 de agosto de 2011. Consultado em 26 de janeiro de 2016. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2016 
  11. «Órgão bicentenário é atração de concerto em Mariana». divirta-se.uai.com.br. Consultado em 29 de janeiro de 2016 
  12. Eventos, Bh. «Notícia: Órgão da Sé recebe concerto especial, com trompete e trombone». www.bheventos.com.br. Consultado em 29 de janeiro de 2016 
  13. «Programação Especial de Carnaval no Órgão da Sé de Mariana». EcoViagem - O seu guia de viagem. Consultado em 29 de janeiro de 2016 
  14. «Concerto na Catedral da Sé, em Mariana». www.minascultural.com.br. Consultado em 30 de janeiro de 2016 
  15. «Cultura e história em Ouro Preto, Mariana e Tiradentes durante o Carnaval». motorhomes.net.br. Consultado em 30 de janeiro de 2016 
  16. «Konzerte 2014 in der St. Michaelskirche auf dem Schwanberg» (PDF). Geistliches Zentrum Schwanberg. 2014. Consultado em 29 de janeiro de 2016 
  17. Kirstin Buhr, Heike Löbnitz, Andreas Riebl (abr.–maio 2008). «Jubiläum am 31. Mai Unser Gospelchor wird 10 Jahre alt!» (PDF). Broder Hinrick Gemeindebrief. Consultado em 29 de janeiro de 2016 
  18. Dorothea Schröder (maio 2011). «NEWSLETTER Nr.7» (PDF). Arp Schnitger Gesellschaft e.V. Consultado em 29 de janeiro de 2016 
  19. Pellworm, Inselquartier. «Urlaub an der Nordsee: Inselquartier Pellworm - News: 300 Jahre». inselquartier-pellworm.de. Consultado em 30 de janeiro de 2016 
  20. ibu. «300 Jahre alt und viel bewundert». HUSUMER NACHRICHTEN (em alemão). Consultado em 30 de janeiro de 2016 
  21. «Paróquia Nossa Senhora da Assunção | Mariana-MG». www.paroquiadasemariana.com.br. Consultado em 29 de janeiro de 2016. Arquivado do original em 3 de fevereiro de 2016 
  22. «Paróquia Nossa Senhora da Assunção de Mariana». www.paroquiadasemariana.com.br. Consultado em 29 de janeiro de 2016. Arquivado do original em 3 de fevereiro de 2016 
  23. «Novo órgão musical fará parte da preciosa coleção mineira de arte sacra em Mariana». Esquentacidade.com. 26 de julho de 2014. Consultado em 26 de janeiro de 2016 
  24. a b «Curso Básico de Formação de Organistas no Museu da Música de Mariana! | P.Q.P. Bach». Consultado em 30 de janeiro de 2016 
  25. «FAM oferta curso de pós-graduação em História da Arte Sacra». Arquidiocese de Mariana. Consultado em 30 de janeiro de 2016. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2016 
  26. «CONCEIÇÃO E ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA. Coral Ars Nova e músicos convidados; direção de Carlos Alberto Pinto Fonseca». Belo Horizonte: Fundação Cultural e Educacional da Arquidiocese de Mariana. 2002. Consultado em 26 de janeiro de 2016 
  27. «DEVOCIONÁRIO POPULAR AOS SANTOS. Grupo Árcade (UFMG) e músicos convidados; direção Rafael Grimaldi». Belo Horizonte: Fundação Cultural e Educacional da Arquidiocese de Mariana. 2003. Consultado em 26 de janeiro de 2016 
  28. «Notícia: Obras de restauração da Catedral de Mariana têm início em Minas Gerais - IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional». portal.iphan.gov.br. Consultado em 19 de janeiro de 2018