Kátya Chamma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Katya Chamma
Informação geral
Nome completo Kátya Pujals Chamma
Nascimento 19 de agosto de 1961 (55 anos)
Origem Brasília, DF
País  Brasil
Gênero(s) Pop, Rock, Blues, rock brasileiro, MPB
Ocupação(ões) cantora, compositora, poeta, escritora
Instrumento(s) vocal, violão, guitarra
Página oficial Site oficial

Kátya Pujals Chamma (Brasília, 19 de agosto de 1961) é uma compositora, cantora, poeta, cronista e produtora cultural brasileira.


Da primeira geração de artistas de Brasília, atuou nos principais teatros, shows e eventos da capital e outros estados.[1][2] Venceu vários festivais de música, entre eles o 1° Festival Aberto de MPB de Brasília. Apresentou-se em programas de rádio e TV e participou de jingles veiculados na mídia.[1]


Na década de 1990 produziu, idealizou e apresentou o programa diário de televisão Capital Destaque, talk-show com enfoque especial para a área cultural.

No ano 2000, fez participação especial em show de Roberto Menescal e Wanda Sá, em Brasília. Em 2003 lançou o CD Katya Chamma, com a participação especial de Roberto Menescal. Em 2005, publicou o livro Dança de espelhos, que reúne poemas, crônicas, ensaios e haicais. Em 2006, o Dicionário Houaiss Ilustrado da Música Popular Brasileira inclui seu nome.

Em 2010, leva aos palcos brasilienses a primeira edição do seu "Projeto GALLera Rock", projeto cultural que visa difundir a arte e o cenário musical independentes, promovendo apresentações de bandas e jovens artistas, através de shows, festivais e mostras populares. O Projeto, idealizado e produzido por Kátya Chamma, desenvolve um circuito alternativo para a divulgação de uma nova geração de talentos, ação repetida nos anos seguintes, com a 2ª (2011), 3ª (2012) e 4ª (2013) edição do Projeto "GALLera Rock". Em 2011, participa do CD Coletânea "News From Brazil" e toma posse na Academia de Letras de Taguatinga - DF. Em 2013, por ocasião das festividades de aniversário do Clube Caiubi de Compositores, a artista recebe a Medalha de Honra ao Mérito da confraria.

Em 2013, participa da coletânea literária "Letristas em Cena", organizada pelo Clube Caiubi de Compositores e dos dois volumes do CD Coletânea "A Nova MPB", lançado pelo Clube Caiubi de Compositores. Ainda em 2013, ingressa na Academia de Letras do Brasil e recebe a Comenda "Título Paul Harris", de Rotary International.

Em 2014, o Projeto "GALLera Rock" comemora sua 5ª edição, consolidando-se como um projeto cultural tradicional e ativo no cenário da música independente.

O livro autoral "No Tempo das Romãs" tem lançamento previsto para o 1º semestre de 2015, segundo informações no site oficial da artista.


Discografia[editar | editar código-fonte]


Literatura[editar | editar código-fonte]

  • Chamma, Katya. Dança de Espelhos - Zarabatana e outros poemas. Brasília: Independente (2005) 
  • Vários Autores. Letristas Em Cena - Coletânea. Clube Caiubi de Compositores. Piracicaba: Editora Sotaques (2013) 


Referências


Outras fontes[editar | editar código-fonte]

  • Amaral, Euclides (2010). Alguns Aspectos Da MPB. Rio de Janeiro: Esteio Editora. Biblioteca Nacional/Registro: 433.708 
  • ALBIN, Ricardo Cravo (2006). Dicionário Houaiss Ilustrado Música Popular Brasileira. Rio de Janeiro: Instituto Antônio Houaiss, Instituto Cultural Cravo Albin e Editora Paracatu 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Kátya Chamma