Kosmos 277

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Kosmos 277 (em russo: Космос 277) também denominado DS-P1-Yu Nº 20, foi um satélite artificial soviético lançado ao espaço com sucesso no dia 4 de abril de 1969 através de um foguete Kosmos-2I a partir do Cosmódromo de Plesetsk.[1][2][3][4]

Características[editar | editar código-fonte]

O Kosmos 277 foi o vigésimo membro da série de satélites DS-P1-Yu e o décimo nono lançado com sucesso após o fracasso do lançamento do segundo membro da série. Sua missão era auxiliar sistemas antissatélites e antimíssil soviéticos.[4][5]

O Kosmos 277 foi injetado em uma órbita inicial de 805 km de apogeu e 284 km de perigeu, com uma inclinação orbital de 71 graus e um período de 91,9 minutos. Reentrou na atmosfera terrestre em 6 de julho de 1969.[4][5][1]

Referências

  1. a b «COSMOS 277» (em inglês). Real Time Satellite Tracking. Consultado em 02 de novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «Cosmos 277» (em inglês). NASA. Consultado em 02 de novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. «DS-P1-Yu (11F618)» (em inglês). Gunter's Space Page. Consultado em 02 de novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. a b c «DS-P1-Yu» (em inglês). Encyclopedia Astronautica. Consultado em 02 de novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. a b «Letter dated 19 May 1969 from the Permanent Representative of the Union of Soviet Socialist Republics addressed to the Chairman of the Committee on the Peaceful Uses of Outer Space» (em inglês). Consultado em 02 de novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)[ligação inativa]