Léo Canhoto & Robertinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Léo Canhoto e Robertinho)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Léo Canhoto e Robertinho
Informação geral
Origem Goiânia
País Brasil
Gênero(s) música sertaneja
Período em atividade 1969-presente[carece de fontes?]
Outras ocupações Compositor
Influenciado(s) Chitãozinho e Xororó Zezé di Camargo e Luciano

Léo Canhoto e Robertinho é uma dupla de cantores da Música sertaneja brasileira formada em 1969 na cidade de Goiânia.

Carreira[editar | editar código-fonte]

O último julgamento é seu grande sucesso. Numa época em que as duplas sertanejas eram muito tradicionais, os músicos já usavam cabelos longos, roupas extravagantes e jóias. Foram eles, também, os pioneiros na utilização de instrumentos eletrônicos, revolucionando a música sertaneja [carece de fontes?]. Trechos de suas músicas foram largamente usados por DJs cariocas em montagens de funk, durante a década de 90.

Eles participaram de vários programas de televisão e se tornaram a primeira dupla caipira a ganhar um disco de ouro pela vendagem de seu primeiro LP, isso aconteceu devido ao sucesso da canção "Apartamento 37", lançada em 1969. Em 1977 protagonizaram o filme Chumbo Quente, escrito por Léo Canhoto.

Com 28 discos gravados, a dupla está preparando um novo trabalho. Embora atualmente Léo Canhoto, paulista, resida em São Paulo, enquanto Robertinho, goiano, prefira os ares mineiros de Sete Lagoas, a dupla mantém um escritório na capital paulista para cuidar dos interesses da carreira, fechando contratos para espetáculos em todo o país. Em 2009 comemoraram 40 anos de carreira com o primeiro DVD deles.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • (1969)
  • (1969) O Homem Mau
  • (1970) Rock Bravo Chegou Para Matar
  • (1971) Buck Sarampo
  • (1972) Lobo Negro
  • (1973) Amazonas Kid
  • (1974)
  • (1975) O Valentão Da Rua Aurora
  • (1976) O Homem Da Cruz
  • (1977) Delegado Jaracuçu
  • (1978) Mundo Cão
  • (1980) Canção Do Carreteiro
  • (1981) Terezinha
  • (1982) Pedro Querosene
  • (1983)
  • (1989)
  • (1991)
  • (1995)
  • (2006) Não Ás Drogas

Referências[editar | editar código-fonte]

[1]

  1. «Discografia».