Lúcio Antônio (neto de Marco Antônio)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Lúcio Antônio Africano foi um neto de Marco Antônio e, possivelmente, o último dos Antonii.

Família[editar | editar código-fonte]

Lúcio Antônio era filho de Lúcio Antônio, cognominado Africano, e sua esposa Marcela. Seu pai era filho de Marco Antônio e Fúlvia, havia sido cônsul com Quinto Fábio Máximo e, após se envolver em adultério com Júlia, filha de Augusto, foi executado.[Nota 1][1]

Vida[editar | editar código-fonte]

Ele foi enviado, por Augusto, a Marselha, com o pretexto de melhorar seus estudos. Ele morreu em 777 ab urbe condita,[Nota 2] sendo o último dos Antonii, a menos que seja considerado que ele teve um filho, Sexto Antônio Africano, citado por Tácito.[1]

Árvore genealógica[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Notas

  1. Outras fontes dizem que ele se suicidou após ser condenado.
  2. 777 A.U.C. corresponde a 24 d.C.

Referências

  1. a b James Anderson, Royal Genealogies, Or the Genealogical Tables of Emperors, Kings and Princes (1732), The Antonii, p.ix [google books]