LEGO Mindstorms

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Conjunto de construção LEGO Mindstorms.

LEGO Mindstorms é uma linha do brinquedo LEGO, lançada comercialmente em 1998, voltada para a Educação tecnológica.

Visão geral[editar | editar código-fonte]

Resultado de uma parceria de mais de uma década entre o Media Lab do Massachusetts Institute of Technology (MIT) e o LEGO Group, o produto LEGO Mindstorms é constituído por um conjunto de peças da linha tradicional (tijolos cheios, placas, rodas) e da linha LEGO Technic (tijolos vazados, motores, eixos, engrenagens, polias e correntes), acrescido de sensores de toque, de intensidade luminosa e de temperatura, controlados por um processador programável, o módulo RCX (Robotic Command Explorer).

O projeto foi originalmente inspirado por Seymour Papert, um dos fundadores do MIT, autor, na década de 1980, da obra "Mindstorms: Children, Computers and Powerful Ideas", onde apresentava as suas idéias de como os computadores iriam auxiliar o desenvolvimento intelectual de crianças e jovens.

O conjunto permite criar robôs simples, passíveis de executar funções básicas pré-programadas.

O módulo RCX processa comandos pré-programados em um computador, através de softwares específicos, como o RoboLAB (na versão educativa) ou o Robotics Invention System (na versão comercial), permitindo a interação da estrutura construída com o ambiente no qual se inscreve. O conjunto é fornecido com uma torre baseada em tecnologia de raios infravermelhos, que pode ser conectada a um computador pessoal de duas formas, através da porta USB ou através da porta serial.

Em agosto de 2006, a LEGO lançou comercialmente a versão Mindstorms NXT, e depois em janeiro de 2013 foi lançada a versão LEGO Mindstorms EV3 a mais avançada.

Uso pedagógico[editar | editar código-fonte]

Estes conjuntos são utilizados, para além da função lúdica, com função didática em instituições de ensino tecnológico abordando a teoria e a prática de conteúdos direcionados para a introdução à robótica, permitindo o desenvolvimentos de projetos de pequeno e médio porte, estimulando a criatividade e a solução de problemas do quotidiano por parte dos alunos.

O sistema LEGO Mindstorms para escolas consiste em três partes:

  • Conjuntos de construção
  • Software educativo RoboLAB
  • Esquemas (diagramas) de trabalho

Cada parte é comercializada separadamente, permitindo a cada escola/educador selecionar uma solução apropriada para as suas necessidades.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BAGNALL, Brian. Core LEGO Mindstorms. Prentice-Hall PTR. 2002. ISBN 0-13-009364-5
  • FERRARI, Mario; FERRARI, Giulio; HEMPEL, Ralph. Building Robots With LEGO Mindstorms: The Ultimate Tool for Mindstorms Maniacs. 2001. ISBN 1-928994-67-9.
  • MENEZES, Ebenezer Takuno de; SANTOS, Thais Helena dos. Lego Mindstorms (verbete). Dicionário Interativo da Educação Brasileira - EducaBrasil. São Paulo: Midiamix Editora, 2002.
  • PAPERT, Seymour. Mindstorms: Children, Computers, and Powerful Ideas. New York: Basic Books, 1980.
  • RYDLEWSKI, Carlos. Entre átomos e bits. Revista VEJA, 18 out. 2006, p. 86-88.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.