Saltar para o conteúdo

Lago Beyşehir

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Lago Beyşehir
Beyşehir Gölü
Carallis
Lago Beyşehir
O lago Beyşehir em imagem de satélite
Localização
Coordenadas 37° 47' N 31° 33' E
País  Turquia
Características
Altitude 1 115 m
Área * 650 km²
Comprimento máximo 45 km
Largura máxima 20 km
Profundidade máxima 10 m
Lago Beyşehir está localizado em: Turquia
Lago Beyşehir
* Os valores do perímetro, área e volume podem ser imprecisos devido às estimativas envolvidas, podendo não estar normalizadas.

O lago Beyşehir (em turco: Beyşehir Gölü; antigamente designado Cáralis (em grego clássico: Κάραλλις/Κάραλις; romaniz.: Cáral(l)is)[1][2] é um lago de água doce nas províncias de Isparta e Cónia, no sudoeste da Anatólia, na Turquia. É o terceiro maior lago da Turquia em área, e o maior de água doce no país, estendendo-se por uma área de 650 km², com aproximadamente 45 km de comprimento por 20 km de largura. Tem o mesmo nome da principal cidade da região, Beyşehir. Na Antiguidade, Estrabão incluiu-o, na sua Geografia, na região da Isáuria. O Dictionary of Greek and Roman Geography inclui a sua antiga toponímia como Cáralis.[3]

O lago, a 1115 m de altitude, é alimentado por linhas de água vindas das montanhas Sultan (que separa o Lago Beyşehir da Anatólia Central e fica a cerca de 100 km) e das montanhas Anamas. O nível da água no lago varia de ano para ano e de estação para estação. O lago Beyşehir é usado para irrigação, e está integrado num parque nacional, o Parque Nacional do Lago Beyşehir. O lago tem 32 ilhas de dimensões variadas, pois variam conforme o nível da água, e é um local importante para nidificação de aves. A máxima profundidade é 10 m.[4]

Na parte oeste do lago, a costa é íngreme e alta, com a planície de Yenişar a estender-se em áreas onde as costas íngremes são interrompidas. As costas que cercam o sul e o leste são baixas. Por trás dessas margens ligeiramente inclinadas, as planícies de Yeşildağ e Kıreli ficam a leste. No lago e seus arredores é permitida a pesca, caminhadas, ciclismo e outras atividades em áreas adequadas para esportes radicais.[4]

O lago também possui uma história interessante, pois a região onde se encontra era governada por hititas, frísios, lídios, persas e bizantinos. Finalmente, os seljúcidas da Anatólia conquistaram a área em 1076 e, desde então, está sob o domínio dos turcos. Os restos do Palácio Kubadabad remontam aos Seljúcidas e são encontrados na Ilha Kizkalesi, a 3 km da costa, perto da vila Yenisarbademli.[5]

Referências

  1. Cruz 1952, p. 21.
  2. Richard Talbert (2000). Barrington Atlas of the Greek and Roman World. [S.l.]: Princeton University Press. p. 65 
  3. Smith, William. Dictionary of Greek and Roman Geography. Londres: John Murray. 
  4. a b Türkiye Kültür Portalı. «Beyşehir Gölü - Konya». Consultado em 18 de novembro de 2019 
  5. Ministério da Cultura e Turismo da Turquia. «Konya - Beysehir Lake National Park». Consultado em 18 de novembro de 2019 
  • Cruz, Antônio de (1952). Prosodia de nomes próprios pessoais e geográficos. Universidade do Texas: Editora Vozes