Leandro Sarmatz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Leandro Sarmatz
Nascimento 22 de abril de 1973
Porto Alegre
Residência São Paulo
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Ocupação Jornalista, escritor e dramaturgo
Principais trabalhos Logocausto (2009) e Uma fome (2010)

Leandro Sarmatz (Porto Alegre, 22 de abril de 1973) é um editor brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

É descendente de imigrantes judeus, que chegaram ao Rio Grande do Sul na década de 1920. Mestre em Literatura pela PUC-RS, foi colaborador do jornal Zero Hora até 2001, quando se mudou para São Paulo.

Trabalhou como editor das revistas SuperInteressante e Vida Simples (ambas da Editora Abril)[1][2] e nas editoras Ática e Companhia das Letras. É um dos fundadores da editora Todavia.

Escreveu em 2000 a peça Mães e sogras, que foi publicada pelo Instituto Estadual do Livro do Rio Grande do Sul mas só seria encenada em 2010[3].

Obras publicadas[editar | editar código-fonte]

  • 2000 - Mães e sogras (teatro) - IEL-RS
  • 2009 - Logocausto (poesia) - Editora da Casa
  • 2010 - Uma fome (contos) - Record

Antologias[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Leandro Sarmatz. Revista do IHU, 252, 31/12/2008
  2. Leandro Sarmatz, ah o talento. SuperInteressante, dezembro de 2001
  3. Mães e Sogras estreia no Theatro São Pedro. Aplauso Brasil - iG, 1 de abril de 2010

Ligações externas[editar | editar código-fonte]