Lee Dorrian

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lee Dorrian cantando com o Cathedral em 2010.

Lee Dorrian (Coventry, 1968) é um cantor britânico. É conhecido por ter participado das bandas Napalm Death (death metal/grindcore) e Cathedral (doom metal/stoner rock).[1] Originalmente, começou como criador do fanzine punk Committed Suicide, onde acabou parando como vocalista e letrista do Napalm Death, gravando a metade do influente Scum e na íntegra no álbum From Enslavement to Obliteration. [2]

O cantor saiu do Napalm Death após gravar o EP Mentally Murdered. Após a saída do grupo de grindcore, Lee tentou montar um projeto com Michael Amott, na época membro do Carcass, mas o que acabou não acontecendo. No Cathedral, Lee abandonou aos poucos os vocais guturais, para cantar mais melódico. O músico criou a gravadora Rise Above Records para lançar discos do Cathedral e de bandas como Electric Wizard, Orange Goblin, Witchcraft, entre outras.

Em 2003, ele cantou na faixa “Ice Cold Man”, do Probot, projeto de heavy metal do líder do Foo Fighters, Dave Grohl. Lee Dorrian também participou do supergrupo de drone/doom Teeth of Lions Rule the Divine, com membros de bandas como Khanate, Sunn O))) e Crippled Black Phoenix.

Em 2013, ele anunciou o fim do Cathedral, comemorando com a última turnê e álbum da banda.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Napalm Death[editar | editar código-fonte]

Cathedral[editar | editar código-fonte]

Teeth of Lions Rule the Divine[editar | editar código-fonte]

  • 2002 – Rampton

Probot[editar | editar código-fonte]

With The Dead[editar | editar código-fonte]

  • 2015 – With The Dead

Referências

  1. Vera. «Interview - Cathedral». Lords of Metal. Consultado em 2016-04-06. 
  2. «The Quietus | Features | A Quietus Interview | We're Really Not That Positive: Cathedral Interviewed». The Quietus. Consultado em 2016-04-06. 

Ver também[editar | editar código-fonte]