Lista de ás dos ases

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O título Ás dos Ases é concedido aos ases de destaque dentro dos diversos ramos militares de uma nação em tempo de guerra. O título é principalmente associado com os ases da aviação, todavia, existirem outros tipos de ases, como o ases de tanque, e ases de submarino.

Ases da aviação[editar | editar código-fonte]

Ás dos Ases é um título concedido para os melhores ases de aviação da força aérea de uma nação em tempo de guerra.

Ases de Submarino[editar | editar código-fonte]

Ás das profundezas é o título concedido aos  ases de submarinos  de uma nação em tempo de guerra.

Indivíduos laureados com o título Ás de Ases
Indivíduo País Guerra Período
Lothar von Arnauld de la Periere Império Alemão Primeira Guerra Mundial 1915–18 O Comandante do U-35, de la Periere afundou um total de 194 navios mercantes e militares totalizando 453.716 toneladas.[1][
Dudley W. Morton  Estados Unidos Segunda Guerra Mundial – Setembro 1943 Morreu.
Dick O'Kane  Estados Unidos Segunda Guerra Mundial – 25 Outubro 1944 Capturado e feito prisioneiro de guerra.[2]
Eugene Fluckey  Estados Unidos Segunda Guerra Mundial [3]
Malcolm David Wanklyn  Reino Unido  Segunda Guerra Mundial – 14 Abril 1942 Wanklyn foi o maior ás dos ases britânico em termos de tonelagem e também foi o mais eficiente comandante de submarino U-class com 17 navios afundados, 1 destruído com com canhão e outros 6 danificados totalizando 132.680 toneladas durante uma carreira de apenas 26 patrulhas.[3][4][5]
Benjamin Bryant  Reino Unido Segunda Guerra Mundial – Final da Segunda Guerra Bryant foi o maior ás dos ases britânico em termos de navios afundados e também o mais eficiente comandante britânico submarinos S-class com 27 navios afundados e outros 8 danificados totalizando 41.521 toneladas durante uma careira de 29 patrulhas.[6][7]
Takakazu Kinashi Japão Império do Japão Segunda Guerra Mundial
Otto Kretschmer  Alemanha Segunda Guerra Mundial – Março 1941 Kretschmer foi responsável por afundar 47 navios mercantes, totalizando 272.043 toneladas enquanto comandante do U-35U-23 e U-99. Ele foi capturados em março de 1941 e passou o resto da guerra no campo de prisioneiros em Bowmanville, Canadá.
Reinhard Suhren  Alemanha Segunda Guerra Mundial Ás de U-boat.[8]
Gianfranco Gazzana-Priaroggia Itália Italy Segunda Guerra Mundial Maior ás de submarino italiano, com 11 navios afundados com um total de 90.601 toneladas.[9]
Carlo Fecia di Cossato Itália Italy Segunda Guerra Mundial Segundo maior ás de submarinos italiano, com 16 navios afundados, é creditado com o maior número de abatimentos da Regia Marina, com mais de 86,545 toneladas.[9]

Caçadores de Submarinos[editar | editar código-fonte]

Indivíduos laureados com o título Ás de Ases
Indivíduo 
País 
Guerra 
Período
Otto Pollmann Alemanha Nazi Alemanha Segunda Guerra Mundial Creditado por ter afundado 14 submarinos[10]
John Walker Reino Unido Reino unido Segunda Guerra Mundial Walker afundou mais U-boats (12 Confirmados) durante a Batalha do Atlântico do que qualquer outro comandante Aliado.[11]

Ás de Tanque[editar | editar código-fonte]

Ás das tanques é o título concedido aos ases de tanques de uma nação em tempo de guerra. Durante a segunda guerra mundial nem todas as nações consideravam a categoria ás de tanque, os aliados raramente contavam as vitórias.

Indivíduos laureados com o título Ás de Ases 
Indivíduo País
Guerra
Período
Estatísticas
Kurt Knispel  Alemanha Segunda Guerra Mundial – 28 Abril 1945 168 tanques [12] Maior Ás de tanques durante toda a guerra
Michael Wittmann  Alemanha Segunda Guerra Mundial – 8 Agosto 1944 138 Tanques, 132 armas antitanques, entre outros.
Johannes Bölter  Alemanha Segunda Guerra Mundial 28 Abril 1945 – até o final da segunda guerra 139 tanques
Otto Carius  Alemanha Segunda Guerra Mundial – Final da Segunda guerra mundial +150 tanques
Dmitriy Lavrinenko  União Soviética Segunda Guerra Mundial   1941 Entre 52 e 57 tanques. Maior ás de tanques aliados durante a guerra.
Lafayette G. Pool  Estados Unidos Segunda Guerra Mundial – 19 Setembro1944 Destruiu mais do que 250 peças de equipamento alemães incluindo 12 tanques, 246 caminhões, peças de artilharia e trens. [13]
Nicholas Mashlonik  Estados Unidos Segunda Guerra Mundial – Julho, 1944 até o final da guerra Destruiu ou inutilizou 12 tanques alemães e centenas de outros veículos, também destruiu 1 Tiger I,  2 Panzer IV's em Elsdorf no dia 27 Fevereiro de 1945.
Clifford L. Elliott  Estados Unidos Segunda Guerra Mundial – Julho, 1944 Sua tripulação destruiu dois tanques Mark IV,  duas artilharias móveis com canhão 88mm, duas armas antitanque, e 17 grandes caminhões. [14]
Sydney V. Radley-Walters  Canadá Segunda Guerra Mundial – Final da Segunda Guerra Mundial 18 tanques Maior Ás entre os aliados ocidentais
Sgt. Wilfred 'Spit' Harris and Trooper Ian Mackillop Reino Unido Reino Unido Segunda Guerra Mundial -Normandia 1944 5 tanques em um dia
Sgt. Frederick 'Buck' William Kite Reino Unido Reino Unido Segunda Guerra Mundial -1943-1944 Pelo menos 7 tanques
Cpl. Alfie Nicholls Reino Unido Reino Unido Segunda Guerra Mundial -1942-1945 ~40 tanques
Zvika Greengold Israel Israel  Guerra do Yom Kippur
 – Final da guerra do Yom Kippur Entre 20 e 40 tanques
H.R. McMaster  Estados UnidosEstados Unidos Guerra do Golfo – Fevereiro, 1991 Pelo menos 6 tanques [15]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Challenge Publications, "The U-Boat ACE of ACES", William H Langenberg, 2004
  2. Sutton Publishing, "The Bravest Man", William Tuohy, 2001
  3. a b The Times (London), "Rear-Admiral Eugene Fluckey", 20 July 2007 (accessed 2009 April 20)
  4. Helgason, Guðmundur. «Malcolm David Wanklyn VC, DSO, RN». German U-boats of WWII - uboat.net 
  5. Naval Institute Press, "Soldiers Lost at Sea", James E. Wise, Scott Baron, 2003, ISBN 978-1-59114-966-8
  6. Helgason, Guðmundur. «Benjamin Bryant DSO, DSC, RN». German U-boats of WWII - uboat.net 
  7. Bantam, "Submarine Commander", Rear Admiral Ben Bryant, 1960
  8. US Naval Institute Press, "Teddy Suhren: Ace of Aces: Memoirs of a U-boat Rebel", Teddy Suhren, ISBN 978-1-59114-851-7
  9. a b Giorgerini, Giorgio (2002). Uomini sul fondo : storia del sommergibilismo italiano dalle origini a oggi. Milano: Mondadori. p. 691. ISBN 8804505370 
  10. Schaulen 2004, p. 148.
  11. http://www.unithistories.com/officers/RN_officersW.html#Walker_FJ
  12. Kurowski, Franz.
  13. "S/SGT.
  14. "3rd Armored Division's OTHER WORLD WAR II TANK ACES" (accessed 29 June 2015)
  15. Tim Harford (2011). Adapt: Why Success Always Starts with Failure. [S.l.]: Little, Brown. pp. 72–74 , 77–78. ISBN 1-4087-0152-9 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • http://www.acesofww2.com/
  • Foreman, John; Harvey, S.E. (1995), Messerschmitt Combat Diary Me.262, ISBN 1-871187-30-3, Crecy Publishing Ltd .
  • Toliver, Raymond F. e Trevor J. Condestável (1998). Die deutschen Jagdflieger-Asse 1939 – 1945. Stuttgart, Alemanha: Motorbuch Verlag. ISBN 3-87943-193-0.
  • Samuel, Wolfgang, W. E. (2004). American Raiders — A Corrida para Capturar a Luftwaffe Segredos. Imprensa da universidade de Mississippi. ISBN 1-57806-649-2.
  • Schaulen, Fritjof (2004). Eichenlaubträger 1940 – 1945 Zeitgeschichte em Farbe II Ihlefeld – Primozic (em alemão). Selent, Alemanha: Pour le Mérite. ISBN 3-932381-21-1.