Lophiidae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaLophiidae
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Lophiiformes
Família: Lophiidae
Rafinesque, 1810
Géneros

Lophiidae é uma família de peixes actinopterígeos pertencentes à ordem Lophiiformes, que inclui o tamboril, também conhecido como peixe-sapo ou peixe-pescador, devido à presença do ilício, um raio da barbatana dorsal modificado para funcionar como cana-de-pesca.[1]

Descrição[editar | editar código-fonte]

Os membros da família Lophiidae, conhecidos pelo nome comum de tamboril, são espécies bentónicas com distribuição natural nas águas profundas dos oceanos Ártico, Atlântico, Índico e Pacífico, onde vivem em fundos arenosos e lamacentos da plataforma continental e do talude continental, em regiões com profundidades de mais de 1000 m.[2]

Como a maioria dos outros Lophiiformes, apresentam uma cabeça muito grande com uma boca muito alargada com dentes longos, afiados e recurvados para dentro. Também, como na maioria das espécies daquela ordem, apresentam o primeiro espinho da barbatana dorsal espinhoso e modificado para formar um aparelho de pesca (o ilício) que termina numa esca carnuda semelhante a um bolbo que constitui o isco.

O aparelho de pesca está localizado na ponta do focinho, logo acima da boca e é usado para atrair presas. Os tamboris também apresentam dois ou três outros espinhos salientes na barbatana dorsal, localizados posteriormente na cabeça, e uma barbatana dorsal separada espinhosa, com um a três espinhos localizados posteriormente no corpo, logo em frente à barbatana dorsal mole. Nos géneros mais primitivos (Sladenia e Lophiodes), a abertura branquial estende-se parcialmente na frente da base alongada da barbatana peitoral. Nos gêneros derivados (Lophiomus e Lophius), e todos os outros Lophiiformes, a abertura branquial não se estende na frente da base da nadadeira peitoral. Os maiores indivíduos podem exceder 1,5 m de comprimento.[3]

Com exceção de Sladenia, estes peixes possuem um corpo achatado dorsiventralmente, cabeça arredondada, onde a boca ocupa toda a sua largura, com dentes não apenas nas maxilas, mas também em vários órgãos dentro da cavidade bucal.

Várias das grandes espécies do género Lophius, comumente conhecidas como tamboril, são importantes espécies pescadas comercialmente..[4] O fígado do tamboril, conhecido como ankimo, é considerado uma iguaria no Japão.

Sistemática[editar | editar código-fonte]

Na sua presente circunscrição taxonómica são considerados válidos quatro géneros nesta família:[5]

Espécies fósseis[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Valentim, Maria de Fátima Moraes; Erica Pellegrini Caramaschi & Marcelo Vianna (2007) "Biologia e ecologia de peixes do gênero Lophius (Lophiidae, Lophiiformes), com ênfase em Lophius gastrophysus Miranda-Ribeiro, 1915: status atual." Oecologia Brasiliensis, ISSN 1981-9366, Vol. 11, Nº. 4, 2007 , pags. 503-520
  2. Froese, Rainer, and Daniel Pauly, eds. (2006). "Lophiidae" in FishBase. fevereiro 2006 version.
  3. Bertelsen, E.; Pietsch, T.W. (1998). Paxton, J.R.; Eschmeyer, W.N., eds. Encyclopedia of Fishes. San Diego: Academic Press. p. 138. ISBN 0-12-547665-5 
  4. John H. Caruso (2005). «Lophiidae». Tree of Life web project. Consultado em 4 Abril 2006 
  5. Caruso, John H. 2005. Lophiidae. Goosefishes, monkfishes. Version 18 October 2005 (under construction). http://tolweb.org/Lophiidae/21990/2005.10.18 in The Tree of Life Web Project, http://tolweb.org/
  6. «Pietsch, Theodore W; Giorgio Carnevale,. "A New Genus and Species of Anglerfish (Teleostei: Lophiiformes: Lophiidae) from the Eocene of Monte Bolca, Italy."». Copeia. American Society of Ichthyologists and Herpetologists via HighBeam Research (subscription required). 14 de março de 2011. Consultado em 3 de maio 2012. Cópia arquivada em 11 de junho de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Lophiidae