Lundas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Membros do Comissão de delimitação Lunda; também Mme. Sarmento e Mrs. Grenfell

Os lundas (Balunda, Luunda, Ruund) originaram-se no que é agora a República Democrática do Congo ao longo do rio Calani e formaram o Reino Lunda no século XVII sob seu governante, Mwata Yamvo, com sua capital em Muçumba.[1] De lá, eles se espalharam amplamente através Catanga e em Angola oriental, noroeste da Zâmbia (os canongexa-lundas e Ixindi-lundas)[2] e o vale Luapula da Zâmbia (o lunda oriental ou cazembe-lunda).

Os Lunda eram aliados aos lubas, e suas migrações e conquistas geraram uma série de tribos tais como os luvales do Zambezi superior e dos cassanjes no alto rio Cuango de Angola. Hoje os lundas compreende centenas de subgrupos como os acossas, imbangalas e dembos, e cerca de 500.000 em Angola, 750.000 no Congo e 200.000 na Zâmbia. A maioria fala a língua lunda, exceto os cazembe-lundas que adotaram a língua bemba de seus vizinhos.[1]

A terra do coração dos lundas era rica em recursos naturais de rios, lagos, florestas e savanas. Seu povo eram pescadores e fazendeiros, e eles prosperaram. Eles cultivaram milho, painço, inhame, sorgo, abóbora, feijão, batata doce, óleo de palma e tabaco. Os seus comerciantes entraram em contato com os portugueses, árabes e suaílis comerciantes da África Oriental. Eles desempenharam um grande papel na escravatura e comércio de marfim que movia bens e pessoas da África Central para as costas para exportação.

O povo do Reino Lunda acreditava em Nzambi como um criador supremo do mundo que criou tudo de existência na terra. Sua religião não abordava Nzambi diretamente, mas através dos espíritos de seus antepassados.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. a b Pritchett, James Anthony: "Lunda". World Culture Encyclopedia. Visitado em 15 de maio de 2007.
  2. Allafrica.com Arquivado em 29 de junho de 2011, no Wayback Machine., Mwati Yamv Preaches Peace At Lunda Lubanza Ceremony, 3 de setembro de 2009

Referências

Referências gerais

Some of the information is based on the German Wikipedia article on the Lunda (Königreich), which gives two sources:

  • Pogge (1880). Im Reich des Muata Jamwo. Berlin.
  • Buchner (1883). "Das Reich des Muata Jamwo". Deutsche Geographische Blätter. Bremen.

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

  • Pritchett, James Anthony (2001). The Lunda-Ndembu : style, change, and social transformation in South Central Africa. Madison: University of Wisconsin.
  • Pritchett, James Anthony (2007). Friends for Life, Friends for Death: cohorts and consciousness among the Lunda-Ndembu. Charlottesville: University of Virginia.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Lundas