Lungtok Gyatso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lungtok Gyatso
Nascimento 1 de dezembro de 1805
Kham
Morte 6 de março de 1815 (9 anos)
Lassa, Palácio de Potala
Etnia Tibetanos
Ocupação político
Religião Budismo tibetano
Causa da morte pneumonia

Lungtok Gyatso, abreviação de Lobzang Tenpai Wangchuk Lungtok Gyatso (também escrito Lungtog Gyatso e Luntok Gyatso, em tibetano ལུང་ རྟོགས་ རྒྱ་མཚོ་; 1° de dezembro de 1805 - 6° de março de 1815), foi o 9º Dalai Lama do Tibete. Ele foi o único Dalai Lama a morrer durante a infância e foi o primeiro de uma série de quatro Dalai Lamas a morrer antes de chegar aos 22 anos de idade.

Início da vida[editar | editar código-fonte]

Sob sinais auspiciosos, Lungtok Gyatso nasceu perto do mosteiro de Dan Chokhor (ou Denchokor), no dia 1º de dezembro de 1805.[1] Muitas fontes o dizem órfão, mas outras nomeiam seus pais como Tendzin Chokyong e Dondrub Dolma. Concorrente como o próximo Dalai Lama desde a infância, o garoto foi levado ao mosteiro de Gungtang, perto de Lhasa, onde foi examinado por autoridades tibetanas, incluindo representantes de Qing, os ambans. Ele foi a escolha preferida dos atendentes do Oitavo Dalai Lama, sendo finalmente identificado como o Sétimo Panchen Lama, Gedun Choekyi Nyima, que, em 1808, realizou a cerimônia de tonsura e deu a ele o nome de Lobzang Tenpai Wangchuk Lungtok Gyatso.[1]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Lungtok Gyatso

Vida como Dalai Lama[editar | editar código-fonte]

Em 1810, ele foi entronizado no Palácio de Potala, no Trono de Ouro do governo Ganden Po-drang. Nesse mesmo ano, o idoso regente Ta-task Nga-wang Gon-po morreu e o De-mo Tul-ku Nga-wang Lo-zang Tub-ten Jig-me Gya-tso (m. 1819) foi nomeado para substituí-lo.[2]

"O explorador inglês Thomas Manning, que chegou a Lhasa em 1812, descreveu seu encontro com o 9º Dalai Lama, que tinha sete anos na época, em termos rapsódicos. 'O rosto bonito e interessante do lama atraiu toda a minha atenção', escreveu Manning. "Ele tinha as maneiras simples e afetadas de uma criança principesca bem educada. Seu rosto era, afetuosamente bonito, pensei. Ele tinha uma disposição alegre e animada. Fiquei extremamente afetado por essa entrevista com o lama. Eu poderia ter chorado pela estranheza da sensação.""[3]

O sétimo Panchen Lama deu ao menino os votos de monge noviço em Lhasa, 1812, no dia 22° de setembro.[1] Lungtok Gyatso é dito ter tido um grande interesse no dharma e um intelecto aguçado, memorizando textos de oração longas, textos-raiz de abhisamayalamkara, Madhyamaka e Abhidharmakośa. Ngwang Nyandak (o sexagésimo sexto Ganden Tripa), Jangchub Chopel (que mais tarde se tornou o sexagésimo nono Ganden Tripa) e Yeshe Gyatso também estavam entre seus professores.[1]

Morte[editar | editar código-fonte]

O Dalai Lama de nove anos ficou resfriado no Festival Anlam de Oração.[1] Ele morreu no Tibete no dia 6° de março de 1815.[4] A nação inteira mergulhou na tristeza, que durou até o reconhecimento da sua nova reencarnação oito anos depois.[1] Seu corpo foi instalado em um relicário de ouro no palácio de Potala, chamado Serdung Sasum Ngonga.[1]

"Durante o período dos Dalai-Lamas de curta duração - da Nona à Décima Segunda encarnação - o Panchen foi o lama da hora, preenchendo o vazio deixado pelos quatro dalai-lamas que morreram na juventude".[5]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e f g «The Ninth Dalai Lama, Lungtok Gyatso». The Treasury of Lives (em inglês). Consultado em 19 de maio de 2020 
  2. Rinpoché, Khetsun Sangpo (1982). Life and times of the Eighth to Twelfth Dalai Lamas. [S.l.]: The Tibet Journal. p. Volume VII 
  3. Brown, Mick (2010). The Dance of 17 Lives: The Incredible True Story of Tibet's 17th Karmapa. Londres: Bloomsbury. p. 28-29 
  4. Morris, Richard Brandon (1970). Harper Encyclopedia of the Modern World. Michigan: Harper & Row 
  5. Mullin, Glenn H. (2008). The Fourteen Dalai Lamas: A Sacred Legacy of Reincarnation. Santa Fé: Clear Light 


Precedido por
Jamphel Gyatso
Dalai-lama
1806 - 1815
Sucedido por
Tsultrim Gyatso


Ícone de esboço Este artigo sobre budismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa religiosa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.