Manoel dos Santos (nadador)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Manuel dos Santos Júnior)
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o futebolista Manoel Francisco dos Santos, veja Garrincha.
Manoel dos Santos
Manoel dos Santos (à direita) com o húngaro Gyula Dobay
Swimming pictogram.svg Natação Swimming pictogram.svg
Nome completo Manoel dos Santos Júnior
Estilo Nado livre (100m livres)
Nascimento 22 de fevereiro de 1939 (78 anos)
Guararapes,  São Paulo
Nacionalidade brasileiro
Medalhas
Jogos Olímpicos
Bronze Roma 1960 100 metros livres

Manoel dos Santos Júnior (Guararapes[1][2], 22 de fevereiro de 1939) é um nadador brasileiro. Foi o segundo brasileiro a conseguir uma medalha olímpica no esporte.

Após a aposentadoria da natação, e motivado pelos negócios da família, entrou para o ramo madeireiro, nele ficando até 1984, quando resolveu retomar seu caminho inicial e montar uma academia de natação. Hoje possui duas unidades na cidade de São Paulo, uma delas idealizada e construída apenas para crianças.[3]

Trajetória esportiva[editar | editar código-fonte]

Manoel começou a praticar natação quando foi morar com a família na cidade de Rio Claro. Considerado uma criança franzina, seus pais o colocaram na natação para ter um desenvolvimento melhor; em pouco tempo passou a fazer parte da equipe de natação do Ginásio Koelle e, aos 13 anos, já competia pelo colégio, sob a orientação do técnico Bruno Bucki.[3]

Aos 15 anos participou dos Jogos Pan-Americanos de 1955, na cidade do México.[3] Por dois décimos de segundos, não foi aos Jogos Olímpicos de Verão de 1956 em Melbourne.[3]

O inverno rigoroso e a falta de piscinas aquecidas no interior levaram-no a se transferir para o Clube Internacional de Regatas, em Santos, onde treinou sob a orientação do técnico Adalberto Mariano e, depois, passou a treinar com Minoru Hirano, treinador da equipe japonesa, quando de sua passagem pelo Brasil; essa proximidade permitiu ao jovem Manoel acumular conhecimentos sobre treinamento e preparação daqueles que foram os melhores nadadores do mundo.[3]

Nadou a prova dos 100 metros nado livre nos Jogos Olímpicos de Verão de 1960 em Roma e conquistou a medalha de bronze.[3] Um ano depois, em 21 de setembro de 1961, no Rio de Janeiro, nadando sozinho na piscina do Clube de Regatas Guanabara, estabeleceu um novo recorde mundial para os 100 metros livre,[3] com o tempo de 53s6.[4][5] Depois disso, considerou cumprido seu objetivo na natação.[6] Encerrou sua carreira como atleta aos 21 anos.[3]

Manoel também foi recordista sul-americano dos 100 metros livre por onze anos, entre 1958 e 1969.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Recordes
Precedido por
Estados Unidos Stephen Clark
Detentor do recorde mundial
100 metros livre (piscina longa)

20 de setembro de 1961 — 13 de setembro de 1964
Sucedido por
França Alain Gottvallès
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) nadador(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.